Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Política diferente no canil municipal destacada em visita da CDU Coimbra

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

O candidato da CDU Coimbra e vereador Francisco Queirós destacou hoje a política "completamente diferente" aplicada ao canil e gatil municipal no atual mandato, em resultado da competência que lhe foi atribuída pelo executivo socialista.

Francisco Queirós, que hoje visitou as instalações do Centro de Proteção Animal de Coimbra, sublinhou a abertura daquele serviço à comunidade, nomeadamente através do programa "Os Gatos Vão à Escola", que passa pela adoção daqueles animais por estabelecimentos de ensino.

Frisou, a esse propósito, o relato dos pais de crianças de uma das escolas aderentes "que relataram que os miúdos agora querem ir à escola porque têm lá um gato", embora admita que o programa ainda envolve "muito poucos" animais.

"Por vezes não é fácil, é preciso um trabalho grande junto da comunidade escolar, nomeadamente dos pais. É mais fácil a adoção em zonas suburbanas, onde habitualmente as crianças já lidam com animais, do que na cidade. Mas o último que colocámos foi no infantário dos Serviços Sociais da Universidade de Coimbra e a reação é de grande satisfação", argumentou Francisco Queirós.

A atividade do canil e gatil municipal passou ainda, nos últimos quatro anos, pelo incremento das visitas escolares e um aumento do número de adoções de cães e gatos que se situa atualmente em cerca de 600 por ano - embora Francisco Queirós sublinhe que é importante que as pessoas "façam adoções conscientes" para que os animais não acabem abandonados.

Em 2017, o Centro de Proteção Animal de Coimbra sofreu obras de requalificação, orçadas em cerca de 40 mil euros, na melhoria das condições para acolher cães e gatos, segundo Francisco Queirós a primeira intervenção desde que o espaço foi inaugurado há 20 anos, em 1997 - igualmente em ano de eleições autárquicas - pelo atual presidente da Câmara, o socialista Manuel Machado.

A requalificação, de acordo com o autarca da CDU, permite que o canil e gatil esteja em processo de licenciamento, notando que "a esmagadora maioria" dos canis a nível nacional "nem sequer está licenciada".

Por outro lado, evidenciou Francisco Queirós, Coimbra aboliu o abate animal em canis em 2015, antecipando-se à legislação nesse sentido aprovada o ano passado e que entrará em vigor em 2018.

"É uma politica municipal completamente distinta, anteriormente a maioria das pessoas nem sequer sabia onde era o canil. E eu diria às pessoas de Coimbra que olhem para o trabalho aqui realizado", afirmou o candidato da CDU.

Nas eleições de 01 de outubro, são candidatos à Câmara de Coimbra o atual presidente, Manuel Machado (PS), Francisco Queirós (CDU), Jorge Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Vítor Ramalho (PNR), Jaime Ramos (PSD/CDS-PP/PPM/MPT), José Manuel Silva (Somos Coimbra) e Vítor Marques (PAN).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon