Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: PS promete abandonar remodelação da Av. João da Cruz, em Bragança

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/09/2017 Administrator

O candidato do PS à Câmara de Bragança, Carlos Guerra, prometeu, num comício, na noite de terça-feira, que, se for eleito abandonará o projeto do atual executivo social-democrata para remodelar a mais antiga avenida da cidade. "Absolutamente. Aquilo não é um projeto", afirmou o candidato socialista, referindo-se aos planos do atual presidente Hernâni Dias, que incluiu nas obras de reabilitação urbana a intervenção na Av. João da Cruz, uma das mais ...

O candidato do PS à Câmara de Bragança, Carlos Guerra, prometeu, num comício, na noite de terça-feira, que, se for eleito abandonará o projeto do atual executivo social-democrata para remodelar a mais antiga avenida da cidade.

"Absolutamente. Aquilo não é um projeto", afirmou o candidato socialista, referindo-se aos planos do atual presidente Hernâni Dias, que incluiu nas obras de reabilitação urbana a intervenção na Av. João da Cruz, uma das mais emblemáticas e antigas da cidade de Bragança.

Para Carlos Guerra, esta avenida "é um dos símbolos de um momento histórico de Bragança", o da chegada do comboio e "é uma réplica daquilo que eram as avenidas do final do século XIX" e que defende ser necessário preservar.

"Nós temos de preservar também estes símbolos, são símbolos de momentos muito importantes na nossa história enquanto comunidade e nunca percebi o porquê desta sanha destruidora destes símbolos que estas duas últimas câmaras municipais (PSD) têm", afirmou.

O socialista acusou o executivo social-democrata de ter uma política "oportunista" na procura de fundos comunitários, limitando-se "a adequar projetos àquilo que são as disponibilidades financeiras que lhes dizem, em vez de preparar os projetos de acordo com aquilo que são as necessidades do concelho".

O candidato quer "acabar com os últimos 20 anos do PSD" no concelho e afirmou que, neste período, "quem fez as grandes obras estruturais da região foram os governos socialistas" e que o PSD defendeu a suspendeu das obras da A4 e do IC5 e cortou o transporte aos doentes oncológicos.

Carlos Guerra conta com o apoio do socialista e antigo autarca Humberto Rocha que há oito anos decidiu candidatar-se como independente e foi eleito vereador duas vezes.

O comício da noite de terça-feira em Bragança contou também com a presença do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, que é natural de Bragança e apontou o exemplo do Governo socialista de que faz parte para defender "a mudança em Bragança".

"A geringonça mostrou que a mudança valeu a pena", afirmou, para vincar que o comício que conta é o do dia 01 de outubro

Além de Carlos Guerra do PS, concorrem à Câmara de Bragança Francisco Pinheiro do CDS-PP, António Morais da CDU, José Freire do Bloco de Esquerda, Manuel Vitorino do PDR e o atual presidente Hernâni Dias pelo PSD.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon