Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: PSD/CDS quer baixar IMI em 10% e devolver 50% do IRS em Gaia

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

O candidato da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Vila Nova de Gaia avançou hoje que pretende baixar o IMI em 10% e devolver em 50% o IRS às famílias, bem como fixar a Derrama na taxa reduzida.

"Achamos que as famílias e as empresas têm de ter benefício da folga financeira de que a Câmara goza neste momento. A Câmara tem vindo a ter resultados líquidos de exercício entre os 16 e os 20 milhões/anuais. Foi concretizado o saneamento financeiro, que presumo que veio dar um excesso de liquidez à Câmara Municipal", referiu Cancela Moura, em declarações à Lusa.

O cabeça de lista da candidatura "Gaia de Novo" quer baixar o IMI "imediatamente em 10% para os 0,40", criticando o facto de Gaia ter "uma das taxas mais altas do país", enquanto, exemplificou, "o Porto tem a taxa mínima".

"O que advogamos é que no espaço de um mandato possamos ter essa marca mínima que achamos justa para desagravar os encargos fiscais das famílias", disse o candidato.

No que diz respeito à Derrama, Cancela Moura defende que a taxa reduzida deve ser a taxa normal, logo quer que a taxa de 1.5 passe a 1.25, com vista a "incentivar as empresas a fixarem-se no concelho".

O candidato somou a atribuição de isenções para empresas que transfiram a sua sede para Gaia, bem como para as que criem postos de trabalho por um período mínimo de dois/três anos.

Ainda neste capítulo, o candidato do PSD/CDS-PP quer devolver o IRS em 50% às famílias: "O município está em condições de finalmente desagravar estes encargos fiscais todos", apontou, antes de, quando questionado sobre qual pensa ser a grande prioridade do concelho, ter apontado a área da mobilidade.

"Tem de se resolver definitivamente a questão do 'Andante'. A gestão da STCP tem de ser vista como uma oportunidade até porque o investimento do Município é significativo. Depois de um investimento inicial, serão mais de 600.000 euros/ano. No mínimo temos de criar novas linhas", defendeu Cancela Moura.

O candidato lamentou que "Gaia não disponha de uma rede municipal de transportes" e disse que "as tentativas ao longo de quatro anos de resolver esta questão ficaram resumidas a uma parceria muito ténue e muito pouco abrangente com uma empresa privada de Gaia.

São candidatos à Câmara de Vila Nova de Gaia o atual presidente, Eduardo Vítor Rodrigues (PS), Cancela Moura (PSD/CDS-PP), Mário David Soares (CDU), Renato Soeiro (Bloco de Esquerda), Pedro Ribeiro de Castro (PAN), Marisa Ribeiro (PTP), José Vieira da Cunha (PDR) e Cristiano Ferreira da Silva (PCTP/MRPP).

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon