Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Rui Barreiro (PS) quer motivar trabalhadores e melhorar serviços municipais de Santarém

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/09/2017 Administrator

O candidato do PS à Câmara de Santarém dedicou o dia de hoje a contactos com trabalhadores do município, lamentando que as condições em que estes laboram "espelhem" a "degradação e o desleixo" patentes no espaço público.

Rui Barreiro começou o dia com uma visita à Biblioteca Municipal, instalada na Casa-Museu Braamcamp Freire, onde ficou a saber que "há locais onde chove", o que, disse à Lusa, "não é compatível" com um espaço que, além de livros, contém um espólio valioso de obras de arte.

Na passagem pelo estaleiro municipal, instalado na Zona Industrial, Rui Barreiro lamentou a "desorganização bastante visível" e a falta de condições "mínimas, do ponto de vista da higiene, da segurança e de espaço de trabalho", num local que acolhe uma centena de trabalhadores da Divisão de Espaços Públicos e Ambiente.

"Temos que tornar os espaços municipais mais eficientes, mais eficazes e a cumprir aquilo que é a higiene e a segurança no trabalho. Há aqui espaços que têm que fechar para limpeza, para arrumação e tem que se ponderar a sua transferência para outras áreas, porque este estaleiro é um grande armazém de viaturas e de máquinas, mas as condições para os trabalhadores ficam muito aquém das que deviam ser exigidas num município moderno e capaz", declarou.

"Compreende-se facilmente que os trabalhadores não consigam dar o seu melhor se não têm condições de trabalho", disse durante uma prolongada visita ao enorme armazém onde a frota automóvel e de tratores partilha espaço com restos de placares ou de mobiliário.

No espaço criado em 2008 para refeitório já não são servidas refeições, usando os trabalhadores um terraço improvisado na traseira do edifício, com um grelhador e uma mesa.

"É essencial que as pessoas estejam motivadas e sintam que o seu trabalho é útil e reconhecido", acrescentou.

Na reta final da campanha, o candidato (que já presidiu ao município no mandato 2001/2005) afirmou que, pelos contactos mantidos nas mais diversas áreas e por todo o concelho, está "convencido de uma vitória" no próximo domingo, sendo objetivo "chegar à maioria absoluta", mas com disponibilidade "para governar em qualquer situação", para dar um "novo rumo a Santarém" (lema da sua candidatura).

"Santarém tem um património valiosíssimo (...) que pode ser potenciado, ser criador de riqueza, e acreditamos que, com esse potencial, podemos fazer muito mais com os meios que podem ser postos à nossa disposição. É preciso muita imaginação, muita capacidade e muito trabalho", salientou.

Nas eleições do próximo domingo, além de Rui Barreiro (PS), concorrem à presidência da Câmara de Santarém o social-democrata Ricardo Gonçalves (atual presidente do município), José Luís Cabrita (CDU), António Rocha Pinto (CDS-PP), Filipa Filipe (BE) e Carlos Alberto Teles (PNR).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon