Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas/Setúbal: Oito partidos concorrem a Câmara governada desde 2009 pela CDU

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

Oito partidos apresentam candidatos à Câmara de Setúbal, governada há oito anos pela comunista Maria das Dores Meira, eleita pela CDU - coligação PCP e Os Verdes e que volta a tentar ganhar as eleições.

Os candidatos do PS e do PSD querem quebrar a governação da CDU em Setúbal e acusam a presidente de responsável pela dívida do município.

Fernando Paulino (PS) e Nuno Carvalho (PSD) têm sido bastante críticos da atual maioria comunista, que responsabilizam também por não querer baixar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Entre outros, os socialistas pedem mais atenção às pessoas, designadamente aos mais desfavorecidos, enquanto o PSD reclama um melhor aproveitamento da zona ribeirinha de Setúbal.

Pela CDU, a candidata Maria das Dores Meira promete continuar a requalificar as zonas ribeirinhas que não são utilizadas pela Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, a construção de baías de retenção de águas na zona da várzea, para reduzir o risco de inundações na baixa da cidade e melhorar as acessibilidades às praias da serra da Arrábida se for reeleita.

Por seu lado, a candidata do CDS-PP, Ana Clara Birrento, promete trabalhar em prol de uma cidade "sustentável e alicerçada em atividades de mar e de serra" e "mais inclusiva".

Há quatro anos, CDS-PP e PSD concorreram à Câmara de Setúbal em coligação, mas em que o resultado final foi a eleição de apenas um vereador.

A deputada e cabeça de lista do BE às eleições autárquicas para a Câmara de Setúbal, Sandra Cunha, que definiu como prioridades o combate à exclusão social e a melhoria da mobilidade no concelho, vai tentar a eleição do primeiro vereador para a Câmara de Setúbal, partindo de uma base de pouco mais de 5% dos votos obtidos em 2013.

As candidaturas do PAN, liderada por Luís Teixeira, e do PCTP/MRPP, que tem Fernando Firmino como cabeça-de-lista, também procuram alargar a sua base de apoio no concelho de Setúbal. Nas legislativas de 2013, ambos os partidos conseguiram pouco mais de 2% de votos cada um.

Em Setúbal há ainda uma candidata do PTP, Sandra Isabel da Encarnação, da qual não se conhece nenhuma ideia nem nenhum projeto para Setúbal e que, apesar de várias solicitações, não se mostrou disponível para revelar os motivos da candidatura.

Nas eleições autárquicas de 2013, a coligação PCP/PEV teve 41,93% dos votos (seis eleitos), o PS 26,41% (quatro eleitos) e a coligação PSD/CDS-PP 12,85% (apenas um vereador eleito). As outras forças políticas nunca tiveram representação no executivo camarário setubalense.

As eleições autárquicas realizam-se a 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon