Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas/Setúbal: Vendaval socialista levou três autarquias da CDU no distrito

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/10/2017 Administrator

A vitória expressiva da presidente reeleita da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira (CDU), foi a exceção na noite eleitoral no distrito de Setúbal, onde o PS conquistou Almada, Alcochete e Barreiro à coligação liderada pelo PCP.

A candidata da CDU em Setúbal, que obteve 49,95% dos votos, não só conseguiu contrariar o "vendaval" socialista no distrito de Setúbal, como ainda conseguiu "roubar" um vereador ao PS, passando de seis para sete eleitos da CDU no executivo camarário setubalense, mas o vencedor das autárquicas de domingo no distrito de Setúbal foi o Partido Socialista.

Maria de Medeiros, em Almada, Fernando Pinto, em Alcochete e Frederico Rosa, no Barreiro, são os presidentes eleitos nos três municípios que dão rosto à vitória eleitoral do PS no distrito de Setúbal, nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Além das vitórias autárquicas naqueles três municípios, os socialistas também passaram de maioria relativa para maioria absoluta no concelho do Montijo e reforçaram a maioria absoluta que já tinham no concelho de Sines.

A CDU, que há quatro anos tinha conquistado 11 das 13 câmaras municipais do distrito, com exceção do Montijo e de Sines, não só ficou sem dois antigos bastiões comunistas, Almada e Barreiro, como também perdeu o município de Alcochete.

A derrota da CDU em Almada traduziu-se na perda de dois vereadores, um para o PS e outro para o BE, o que permitiu também a eleição de Joana Mortágua para o novo executivo camarário.

A par da derrota no distrito de Setúbal, a CDU perdeu ainda as maiorias absolutas que tinha nas Câmaras Municipais de Palmela e do Seixal.

As vitórias em Setúbal, e também em Grândola, município ganho ao PS nas eleições autárquicas de 2013, mas apenas com maioria relativa, foram um prémio de consolação com sabor amargo.

PSD e CDS-PP, juntos ou em coligação, ainda não conseguiram conquistar uma Câmara Municipal no distrito de Setúbal, até agora claramente dominado pela CDU, mas que, a partir de agora, tem também uma presença mais forte dos socialistas.

O novo mapa político do distrito de Setúbal que resultou das eleições autárquicas de 01 de outubro tem agora oito municípios de maioria CDU - Alcácer do Sal, Moita, Palmela, Sesimbra, Setúbal, Grândola e Santiago do Cacém - e cinco de maioria PS - Alcochete, Almada, Barreiro, Montijo e Sines.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon