Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Transportes e habitação são as grandes prioridades para o BE em Loures

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/09/2017 Administrator

A melhoria dos transportes públicos e a criação de uma bolsa municipal de arrendamento são algumas das prioridades do candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara Municipal de Loures, Fabian Figueiredo.

Fabian Figueiredo tem 28 anos e é formado em sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, pertencendo também à Comissão Política do BE, ao secretariado nacional e à Comissão Coordenadora Distrital de Lisboa.

Esta tarde, em declarações à agência Lusa, o candidato bloquista assegurou que concorre à Câmara Municipal de Loures (distrito de Lisboa) "para ganhar" e ser uma alternativa ao atual presidente da autarquia, Bernardino Soares.

"Estamos muito determinados e sentimos que esta candidatura ganha força de dia para dia. A mobilização tem sido muita e sentimos que podemos ganhar", afirmou Fabian Figueiredo.

À margem de um jantar comício com a eurodeputada Marisa Matias, o candidato apontou como principais prioridades para o concelho a melhoria dos transportes públicos, a habitação e a ação social.

"Os problemas de mobilidade e dos transportes públicos no concelho de Loures são por demais conhecidos. Não podemos adiar mais a chegada do metropolitano ao concelho. Não podemos deixar de exigir fazer parte da gestão da Carris. Temos de criar condições para que todos possam ter acesso aos transportes", defendeu.

Neste âmbito, uma das medidas propostas pelo BE é garantir que as crianças possam ter passes gratuitos.

Na área da ação social, Fabian Figueiredo pretende reforçar a rede de creches públicas, dotando-as de berçários, e levar a cabo a construção de outros equipamentos sociais.

"O custo destas medidas seria relativamente baixo", ressalvou.

A habitação é outra das preocupações do Bloco de Esquerda que propõe a criação de uma bolsa municipal de arrendamento, a custos controlados.

Para o setor empresarial do concelho, Fabian Figueiredo defende o apoio a empresas que apresentem boas práticas laborais e penalizações para aquelas que discriminem ou prejudiquem os seus trabalhadores.

Questionado pela Lusa sobre cenários pós-eleitorais, o candidato mostrou-se disponível para estabelecer acordos apenas com "forças políticas de esquerda", rejeitando "qualquer tipo de entendimento com o candidato do PSD, André Ventura".

"Não só rejeitamos como apelamos aos restantes candidatos que fechem qualquer tipo de abertura com o PSD e com o André Ventura", atestou.

Entre outras referências, André Ventura afirmou numa entrevista publicada pelo jornal 'I' que há pessoas que "vivem quase exclusivamente de subsídios do Estado" e que acham "que estão acima das regras do Estado de direito", considerando que tal acontece particularmente com a comunidade cigana.

Nas próximas eleições autárquicas, marcadas para 01 de outubro, além de Fabian Figueiredo, concorrem à presidência da Câmara Municipal de Loures Bernardino Soares (CDU), atual presidente do executivo, Sónia Paixão (PS), André Ventura (coligação PSD e PPM), Pedro Pestana Bastos, Ana Sofia Silva (PAN) e Mário Pontes (PDR e JPP).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon