Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Valentim Loureiro diz que habitação é "grande e maior prioridade" em Gondomar

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

O candidato independente à Câmara de Gondomar, Valentim Loureiro, vincou hoje que a construção de habitação municipal é a sua "grande e maior prioridade", adiantando que se for eleito vai reivindicar junto do Governo um programa para esta área.

"Depois das eleições vou falar com o doutor António Costa - como sempre falei com todos os ex-primeiros-ministros - e ele, que até já foi presidente de Câmara, vai implementar um programa de habitação por todo o país. Ele é com certeza muito sensível a esta questão, como eu sou", disse à Lusa Valentim Loureiro, que, no entanto, promete não ficar à espera da tutela.

"Mas se por ventura o Governo não participar minimamente, a Câmara, dos seus orçamentos, conseguirá algum dinheiro para construir casas", acrescentou o candidato que usa como 'slogan' "Valentim Loureiro - Coração de Ouro".

Valentim Loureiro, que foi presidente da Câmara de Gondomar ao longo de cinco mandatos (três pelo PSD e dois como independente) e que em 2013 não se pôde recandidatar devido à lei de limitação de mandatos, também quer colocar técnicos municipais nos empreendimentos municipais para, disse, "fazer um acompanhamento de proximidade" e "estudar muito bem a atual distribuição dos fogos, olhando ao número de pessoas dos agregados"

"Vamos construir mais habitação municipal e daremos facilidades para pagar rendas atrasadas. Dizem-me que o atual executivo [referindo-se ao PS de Marco Martins] tem sido um bocadinho duro. Eu, o que garanto é que nenhuma família será despejada sem que as nossas assistentes sociais analisem os casos muito bem analisados", afirmou Valentim Loureiro.

O candidato independente disse que tem sentido que os gondomarenses lhe são "gratos", acreditando que essa "gratidão" se reverterá em votos no dia 01 de outubro.

"Ainda não encontrei ninguém que torcesse o nariz à minha candidatura (...). É minha convicção que os resultados nos serão favoráveis. Todas aquelas 3.000 famílias, às quais eu dei chave de casa, de certeza que não se esquecem. E os 40.000 jovens que eu levei a Lisboa no programa 'Gondomar sabe voar' também não. Quando encontro um jovem com 15, 16, 20 e tal anos pergunto 'foste a Lisboa de avião?'. E respondem-me mais de 90%: 'fui porque o senhor me levou'", descreveu.

Valentim Loureiro disse que "ninguém é indiferente a quem lhes faz bem", lembrando também programas dedicados à Terceira Idade, entre outros que diz estar decidido a relançar.

"Se calhar, por outro lado, não lhes dei tantos foguetes e tantas festas. Mas as festas e os foguetes ouvem-se, estouram e desaparecem e as memórias e as ações ficam lá", concluiu.

São candidatos a Gondomar nas autárquicas de 01 de outubro Marco Martins (PS), Rafael Amorim (PSD/CDS-PP), Valentim Loureiro (independente), Daniel Vieira (CDU) e Rui Nóvoa (BE).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon