Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas/Viana do Castelo: Ilda Novo, entre o parlamento e a reconquista de mandato para o CDS

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

Ilda Araújo Novo é deputada do CDS pelo Alto Minho há um ano e é a candidata do partido, em coligação com o PPM, à presidência da Câmara de Viana do Castelo nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

A também líder da concelhia do CDS de Viana do Castelo encabeça a candidatura "A Nossa Viana" com o "objetivo claro" de reconquistar o mandato que o partido perdeu naquela autarquia em 2013.

A candidatura de coligação CDS/PPM foi anunciada em junho, depois da distrital do PSD não ter ratificado um acordo de coligação celebrado entre populares e a concelhia social-democrata que previa a candidatura do presidente desta estrutura, Eduardo Teixeira, à Câmara de Viana do Castelo.

Aos 59 anos de idade, Ilda Araújo Novo volta a concorrer a umas eleições autárquicas depois de, em 2005, ter liderado uma lista àquela Câmara Municipal, então liderada pelo socialista Defensor Moura. Antes, entre 2001 e 2005, foi vereadora da oposição.

Nas eleições do dia 01 de outubro apresenta-se com uma equipa "composta por gente jovem e com experiência, livre e que pensa na sua terra".

"A minha candidatura integra pessoas que não vivem para a política nem da política. Não são personalidades, são pessoas de bem, com vontade de contribuir para que se governe melhor, a pensar no bem comum", sustenta.

A "redução do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) cobrado às famílias, a revisão das taxas de água, saneamento e resíduos sólidos e a devolução do IRS no máximo permitido por lei", são algumas das prioridades da candidata.

A aposta "no turismo, na promoção do património histórico, cultural, rural e gastronómico, na elaboração de um plano de 'marketing' territorial para colocar, verdadeiramente, Viana no mapa", constam também do programa eleitoral da coligação CDS/PPM.

A concretização do acesso rodoviário ao porto de mar e a redução do preço do estacionamento na cidade são outras das medidas preconizadas pela candidatura "Nossa Viana" como forma de promover a "dinamização económica da cidade".

Na área social, aquela candidatura, propõe-se apoiar "as atividades de intervenção comunitária e as situações de vulnerabilidade (como famílias carenciadas e os mais idosos) e as iniciativas das associações desportivas, culturais e de entretenimento".

A educação e valorização profissional serão outras da prioridades de Ilda Araújo Novo, que destaca a criação, em Viana do Castelo, de "um campus de Ciência e Tecnologia Viana um Campus de Ciência e Tecnologia" como forma de incentivar o empreendedorismo jovem.

Além de candidata às eleições de 01 de outubro, Ilda Araújo Novo desempenha, desde de setembro de 2016, as funções de deputada eleita pelo Alto Minho. Substituiu, naquele lugar, Abel Baptista que renunciou ao cargo para liderar uma candidatura independente à Câmara de Ponte de Lima.

Licenciada em filologia germânica pela faculdade de Letras da Universidade do Porto, é professora do ensino secundário, exercendo desde há mais de 20 anos funções na Escola Secundária de Monserrate, em Viana do Castelo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon