Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autarca de Gaia diz "sim" à presidência do Conselho Metropolitano do Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/10/2017 Administrator

O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, disse hoje que aceitou presidir ao Conselho Metropolitano do Porto tendo como objetivo tornar a Área Metropolitana "mais forte e mais desenvolvida".

"Assumo que aceitei o convite para presidir ao Conselho Metropolitano do Porto, trabalhando em conjunto com os autarcas da AMP, nomeadamente com o colega Emídio Sousa, que muito estimo, em prol de uma AMP mais forte e de uma região mais desenvolvida", referiu Eduardo Vítor Rodrigues no seu quando discursava na cerimónia de tomada de posse para um segundo mandato.

O autarca fez esta referência após enumerar algumas das suas prioridades para os próximos quatro anos e depois de considerar que " importa começar a preparar os próximos instrumentos de desenvolvimento, nomeadamente participando ativamente na definição do novo quadro europeu de financiamento pós-2020, cujas linhas começarão desde já a ser definidas".

"Para isso, importa ter dimensão nos projetos que apresentamos e capacidade de integração desses projetos no contexto metropolitano e regional onde nos inserimos", acrescentou.

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto, Emídio Sousa (PSD), disse terça-feira que o seu mandato terminou por ser "consensual" que quem ganha na área metropolitana (o PS, nas últimas autárquicas) deve liderar a estrutura.

Emídio Sousa, que é também presidente reeleito da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, adiantou que as eleições para o Conselho Metropolitano deverão ser em novembro e manifestou-se favorável à possibilidade de o socialista Eduardo Vítor Rodrigues ser o seu sucessor.

O autarca da Feira também mostrou disponibilidade para assumir uma das vice-presidências do Conselho Metropolitano.

Eduardo Vítor Rodrigues foi reconduzido para um segundo mandato à frente da Câmara de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, tendo alcançado nas últimas autárquicas, a 01 de outubro, maioria absoluta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon