Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Azambuja candidata-se a fundos comunitários para requalificar a zona ribeirinha

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/09/2017 Administrator

A Câmara Municipal de Azambuja vai candidatar-se a fundos comunitários para requalificar a zona ribeirinha da Vala do Esteiro e torná-la novamente navegável, num projeto orçado em cerca de 1,2 milhões de euros, indicou hoje a autarquia.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Azambuja (distrito de Lisboa), Luís de Sousa (PS), explicou que, além do desassoreamento, as obras preveem a reabilitação da zona adjacente à estação ferroviária, a criação de zonas para a prática de pesca desportiva, de uma ciclovia e de equipamentos de atividade física ao ar livre.

"Trata-se de um projeto muito importante e muito interessante para o concelho de Azambuja porque vai reabilitar uma zona que tem estado muito degradada e dar-lhe novamente vida. Queremos tornar novamente o Tejo navegável e criar as condições para que se desenvolvam aqui atividades desportivas e de lazer", apontou.

Caso a candidatura seja aceite, a obra, que custa cerca de 1,2 milhões de euros, irá ser financiada em 85% por fundos comunitários e os restantes 15% por receitas da autarquia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon