Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Baliza gera preocupação em Santa Maria da Feira

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/05/2017 Hugo Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Dos três guarda-redes que compõem o plantel, apenas Vaná tem mais um ano de contrato, mas é muito pretendido.

O reforço da posição de guarda-redes é a prioridade dos responsáveis do Feirense na constituição do plantel 2017/18. Dos três que fazem parte do grupo de trabalho - Alampasu, Peçanha e Vaná -, apenas Vaná tem contrato com a SAD por mais um ano, mas fruto da boa temporada realizada no ano de estreia em Portugal, na qual esteve em evidência nos principais palcos do campeonato, como no Dragão e na receção ao Sporting, o brasileiro de 26 anos atraiu a cobiça de vários clubes e poderá ser vendido.

Já Peçanha, habitual suplente de Vaná, termina a ligação ao Feirense e os seus 37 anos, aliados a uma época irregular, poderão levar a SAD a não lhe renovar o contrato. Alampasu, que esteve cedido ao Cesarense, encontra-se na seleção da Nigéria e ainda não foi informado acerca do seu futuro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon