Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Balotelli volta a fazer história pela negativa

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/02/2017 Hugo M. Monteiro

Italiano viu o terceiro cartão vermelho da época frente ao Lorient e junta-se a uma "elite" de jogadores que recebeu a pior classificação possível no jornal L'Équipe.

© EPA/SEBASTIEN NOGIER

Depois de um arranque promissor, a vida de Mario Balotelli no Nice parece ir de mal a pior.

Afastado do onze de Lucien Favre por "não saber defender", o avançado italiano voltou à titularidade frente ao Lorient e o jogo não podia ter corrido pior: para além de ter ficado em branco, viu o terceiro cartão vermelho da época e entrou para a história do jornal L'Équipe, tudo pelos piores motivos.

Desde a época 1998/99, apenas 11 jogadores foram brindados com nota um em dez pelo jornal francês, mas Balotelli entrou para a "elite" após o jogo do passado sábado.

O vermelho direto, esse, veio na consequência de "insultos em inglês" ao árbitro. "Não vou entrar em detalhes, mas foi mais do mesmo", afirmou o árbitro Tony Chapron, em declarações ao L'Équipe.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon