Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Banco Mundial e FAO assinam acordo para fortalecer a gestão da floresta de Moçambique

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/07/2017 Administrator

O Banco Mundial e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) assinaram hoje um acordo de seis milhões de dólares (5,2 milhões de euros) para fortalecer a gestão sustentável da floresta moçambicana.

O acordo faz parte do recém-aprovado Projeto de Investimento Florestal Moçambicano (MozFIP), no valor de 47 milhões de dólares, e que "visa travar o ritmo acelerado de desflorestação do país" e cuja execução arranca este mês, anunciam as duas instituições em comunicado.

Ao mesmo tempo, o objetivo consiste em "criar meios de subsistência alternativos para as comunidades rurais".

O acordo hoje anunciado prevê intervenções específicas ao nível da melhoria de sistemas de concessão florestal e participação do setor privado.

O governo de Moçambique levantou a 21 de junho a interdição de corte de madeira no país, que vigorava desde o início do ano, e declarou aberta a campanha florestal de 2017, mas com regras mais apertadas.

Em abril, o governo moçambicano estimou que o país perde no mínimo 150 milhões de dólares em contrabando da madeira, classificando a situação como "um roubo à luz do dia" a que pretende pôr cobro.

Lusa/fm

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon