Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Barcelona aperta o cerco a Nélson Semedo

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/06/2017 Rui Trombinhas

Bellerín e João Cancelo são outros alvos do emblema de Messi, o primeiro destes com rótulo de prioritário, mas o defesa do Benfica ganha força numa altura em que o Manchester United também o ataca

© Filipe Amorim

Nélson Semedo poderá ser a próxima grande venda do Benfica. Numa altura em que o Manchester United se prepara para colocar em cima da mesa de Luís Filipe Vieira uma proposta de 35 milhões de euros pelo lateral-direito, como O JOGO revelou, o Barcelona volta a entrar em cena e a apertar o cerco ao internacional português. Ainda ontem, o empresário Jorge Mendes, que não representa o jogador mas é parceiro privilegiado das águias nos negócios de mercado, foi visto na capital da Catalunha, com a Imprensa espanhola a associar de imediato esta deslocação do agente à discussão do futuro de Semedo, tal como o de João Cancelo - lateral do Valência também no bloco de notas de Mendes -, no emblema catalão.

Consumada a venda do passe de Lindelof e Ederson a Manchester United e City, respetivamente, por valores que rondaram os 75 milhões - entram apenas 61,5 nos cofres encarnados devido a partilhas de passe -, o Benfica aponta agora baterias a mais um avultado encaixe com a transferência de Nélson Semedo, que tem vários colossos no seu encalço, pois ainda há Bayern e Manchester City na lista de pretendentes.

Luís Filipe Vieira apontou inicialmente a uma venda histórica por 50 milhões de euros, tendo admitido mais tarde um encaixe de apenas 40 milhões. Contudo, tanto United como Barcelona só terão demonstrado disponibilidade para chegar aos 35, com possíveis bónus como complemento. Se o clube inglês já tomou a decisão de avançar, os catalães continuam a jogar em dois tabuleiros. O lateral-direito prioritário é Bellerín, do Arsenal, mas o Barça tenta manter controlado o segundo da lista, Nélson Semedo, porque o primeiro alvo está para já bloqueado pelos ingleses. E a manter-se a intransigência do Arsenal, será dado o passo seguinte, algo que deverá acontecer ainda esta semana.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon