Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Barcelona/Ataque: Governo recomenda uso da aplicação Registo Viajante

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/08/2017 Administrator

O secretário de Estados das Comunidades recomenda aos viajantes portugueses no estrangeiro o uso da aplicação "Registo Viajante" e pede que evitem os locais de grande concentração populacional, na sequência dos atentados como o da Catalunha. "Eu recomendo aos portugueses que estão em viagem - em turismo ou em trabalho - a utilização da aplicação 'Registo Viajante'. É uma aplicação móvel gratuita que permite termos uma base de dados dos portugueses ...

O secretário de Estados das Comunidades recomenda aos viajantes portugueses no estrangeiro o uso da aplicação "Registo Viajante" e pede que evitem os locais de grande concentração populacional, na sequência dos atentados como o da Catalunha.

"Eu recomendo aos portugueses que estão em viagem - em turismo ou em trabalho - a utilização da aplicação 'Registo Viajante'. É uma aplicação móvel gratuita que permite termos uma base de dados dos portugueses que estão em movimento. São portugueses que habitualmente não se registam em postos consulares, porque estão nos países de uma forma muito temporária", disse à Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

José Luís Carneiro acrescenta que se trata de uma aplicação para telemóveis gratuita e que os dados pessoais são protegidos.

O "Registo Viajante", sublinhou, permite em circunstâncias como as que ocorreram nos recentes ataques na Catalunha verificar "se há ou não portugueses" entre as vítimas, permitindo também o envio de pedidos de socorro o que facilita os contactos entre Portugal e as autoridades dos países onde se encontram os viajantes.

O secretário de Estado das Comunidades disse também que a situação na Catalunha continua a ser acompanhada em permanência adiantado que entre os feridos do ataque de quinta-feira não há registo de haver portugueses e que "quanto às vítimas mortais continua ainda o processo de identificação".

"Vamos aguardar durante a manhã", afirmou.

Além do "Registo Viajante", o secretário de Estado das Comunidades recomenda igualmente aos portugueses no estrangeiro que devem ser evitados locais com grandes concentrações de pessoas.

"Devem ser evitadas grandes concentrações populacionais, nomeadamente no seguimento destes atentados [Barcelona]. Nestes casos, o receio das autoridades é que possa haver réplicas nas imediações, daí que devam evitar, quando ocorrem estes atentados, locais de grande concentração populacional", frisou José Luís Carneiro.

Um atentado terrorista em Barcelona, na tarde de quinta-feira, provocou 13 mortos e cerca de uma centena de feridos, após uma furgoneta ter galgado um passeio e atropelado dezenas de pessoas, nas Ramblas, no centro da cidade.

O ataque ocorreu pela 17:00 (16:00 em Lisboa) e foi já reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico, através dos seus canais oficiais de comunicação.

A polícia catalã já deteve três suspeitos de envolvimento no ataque e um outro suposto autor do atentado foi encontrado morto em Sant Just Desvern, em Baix Llobregat, a 12 quilómetros de Barcelona, depois de uma troca de tiros com a polícia catalã, após ter forçado a passagem de um controlo policial e ter atropelado uma polícia.

Já esta madrugada, a polícia catalã abateu cinco "suspeitos terroristas" que atropelaram várias pessoas, no centro de Cambrils, estância balnear a 117 quilómetros a sudoeste de Barcelona.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon