Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Barcelona/atentado: Governo português "repudia e condena veementemente" ato terrorista

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/08/2017 Administrator

O Governo português "repudia e condena veementemente o atentado ocorrido hoje em Barcelona", num comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

"Às autoridades espanholas e às famílias das vítimas o Governo português transmite o seu profundo pesar pela perda de vidas de entes queridos e a sua solidariedade para com os feridos e o povo espanhol", lê-se no mesmo comunicado do Palácio das Necessidades, enviado à agência Lusa.

Pelo menos 13 pessoas morreram e 50 ficaram feridas hoje em Barcelona, pelas 17:00 locais (16:00 em Lisboa), quando uma furgoneta subiu um passeio na zona da Praça da Catalunha, nas Ramblas, atropelando dezenas de pessoas e gerando pânico na zona diariamente frequentada por milhares de pessoas.

As autoridades policiais confirmaram a detenção de um suspeito relacionado com o atentado, e disse estar a "tratá-lo como um ataque terrorista".

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, por seu turno, disse hoje à agência Lusa que os serviços consulares em Barcelona estão em contacto com as autoridades espanholas, mas não há ainda informação sobre eventuais vítimas portuguesas no ataque registado hoje na cidade condal.

"Os serviços consulares portugueses estão em contacto com as autoridades policiais espanholas. Como se sabe, este ataque -- tudo leva a crer, ataque terrorista -- ocorreu muito junto aos serviços consulares e tem sido difícil o próprio trabalho consular", explicou José Luís Carneiro.

"Até ao momento, não é possível ainda referir a existência ou não de portugueses [entre as vítimas], todas as informações são muito prematuras", indicou o governante, acrescentando: "Vamos continuar a acompanhar, em diálogo com os serviços consulares, as informações que forem sendo disponibilizadas por parte das autoridades policiais".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon