Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Benfica é um bom jogo para garantir a permanência"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/04/2017 João Cardoso
© Filipe Amorim

Pedro Emanuel, treinador do Estoril, garantiu que a equipa está motivada para o jogo na Luz, este sábado, na 31ª jornada da I Liga.

Plano coletivo e individual: "Sinto uma equipa alegre, com vontade de jogar. Acredita-se que podemos disputar o jogo. O Benfica é o tricampeão nacional por alguma coisa e temos de estar atentos, porque será muito difícil. No entanto, é um bom jogo para garantir a permanência".

Elogios do Benfica ao Estoril: "Tem a ver com aquilo que é o trabalho que a equipa tem desenvolvido. Os resultados também ajudam. Isto não nos tira os pés do chão".

Manutenção: "Matematicamente, ainda não temos a manutenção garantida. Atingimos o 31, que é um número importante em termos psicológicos, mas ainda não está garantida. A tradição diz que nunca ninguém desceu com 30 pontos, mas..."

Empate do Estoril na Luz em 2013: "O Benfica tem neste momento uma pressão positiva, que é lutar pelo título. A nossa pressão é para garantirmos a manutenção na I Liga. Esse jogo foi marcante, sem dúvida. O Marco Silva deixou um marco muito importante no clube, uma herança pesada, com um trabalho extraordinário. Agora, temos a noção de que vamos defrontar uma grande equipa".

Estratégia: "Sabemos que o Benfica coloca muitos homens no ataque e que, por isso, pode ser mais frágil nos momentos de transição do adversário. É nisso que vamos apostar, não vale a pena dar muitas voltas. Confiamos nos jogadores que temos. Vamos respeitar o adversário mas acreditar que podemos fazer alguma coisa".

Ambiente no futebol português: "Não me revejo neste tipo de futebol. Para mim, o futebol é alegria, não é luta. Luta só no sentido positivo da palavra, não como estamos a ver. Por isso mesmo, fico triste e não me revejo nisso. Serei sempre lutador, mas de forma cordial, com espírito positivo. Foi isso que me cativou no futebol desde criança. Gosto de ser competitivo, mas com respeito".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon