Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica a um "passo" da sua 10.ª final europeia

Sportinveste 29/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Benfica a um "passo" da sua 10.ª final europeia © Sportinveste Multimédia Benfica a um "passo" da sua 10.ª final europeia

O Benfica pode garantir quinta-feira a 10.ª final europeia da sua história, e segunda consecutiva na Liga Europa, “bastando” para isso não perder em Turim, frente à Juventus, na segunda mão das meias-finais.

Qualquer empate e até uma derrota pela margem mínima e com dois golos marcados selam o apuramento para a final de 14 de maio, também em Turim, depois do triunfo caseiro por 2-1, concretizado com golos do argentino Garay e do brasileiro Lima.

Já campeão nacional e com presença certa nas finais da Taça de Portugal e da Taça da Liga, o Benfica procura a dezena de finais na Europa, apenas um ano depois de ter estado na final da edição 2012/13 da Liga Europa, em Amesterdão.

Um golo do sérvio Branislav Ivanovic, já em período de descontos, acabou com o sonho do “onze” de Jorge Jesus, numa fase final de época que virou pesadelo para os “encarnados”, que também perderam o campeonato e a Taça de Portugal.

Agora, um ano depois, o Benfica está outra vez bem posicionado para chegar a uma final europeia, algo que não consegue, em épocas consecutivas, desde o início dos anos 60 do século passado.

Nessa década de ouro, os “encarnados” estiveram em cinco finais da Taça dos Campeões Europeus, vencendo as duas primeiras, em 1960/61 e 61/62, face a FC Barcelona e Real Madrid, respetivamente, sob o comando de Bela Guttmann.

O húngaro partiu e deixou uma maldição – que o Benfica jamais venceria uma prova europeia -, ainda por quebrar, sendo que, nos anos 60, a equipa da Luz perdeu em 1962/63 (AC Milan), 64/65 (Inter de Milão) e 67/68 (Manchester United).

A sexta final só chegou em 1982/83, na Taça UEFA, e foi perdida, a duas mãos, com o Anderlecht. Nos anos seguintes, o conjunto “encarnado” chegou a mais duas, em 1987/88 (PSV Eindhoven) e 89/90 (AC Milan), novamente na Taça dos Campeões Europeus.

Foi, então, preciso esperar 23 anos por nova final, que chegou em 2012/13. Em Amesterdão, o conjunto comandado por Jorge Jesus perdeu por 2-1, com o Chelsea, a sua nona final europeia.

- As nove finais europeias do Benfica:
1960/61 TCE FC Barcelona, Esp V 3-2
1961/62 TCE Real Madrid, Esp V 5-3
1962/63 TCE AC Milan, Ita D 1-2
1964/65 TCE Inter Milão, Ita D 0-1
1967/68 TCE Manchester United, Ing D 1-4ap
1982/83 TU Anderlecht, Bel D 0-1, E 1-1
1987/88 TCE PSV Eindhoven, Hol E 0-0ap, 5-6gp
1989/90 TCE AC Milan, Ita D 0-1
2012/13 LE Chelsea, Ing D 0-1

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon