Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica ataca Expresso: "Correspondência roubada tem vindo a ser abusivamente utilizada"

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/07/2017 Alcides Freire

O clube encarnado reagiu, através de comunicado, à notícia divulgada este sábado pelo Expresso, sobre uma alegada "falsificação" de relatório pelo antigo delegado da Liga Simões Dias.

O Benfica reagiu através de comunicado à notícia publicada pelo Expresso, este sábado, que dá conta de uma alegada "falsificação" de relatório por parte do antigo delegado da Liga Simões Dias, revelada através de troca de correspondência de Paulo Gonçalves, assessor jurídico do clube encarnado.

As águias desmentem a informação publicada pelo semanário, referindo que Nuno Gomes e Paulo Gonçalves foram, na altura, punidos pela Comissão Disciplinar da Liga: "A Comissão Disciplinar da Liga, então presidida pelo Professor Doutor Ricardo Costa, na sequência do jogo referido na notícia (Benfica-Nacional), relativo à época desportiva (2008/2009) aplicou a Nuno Gomes a sanção disciplinar de 2 jogos de suspensão e multa de 1000 euros e a Paulo Gonçalves a sanção disciplinar de 45 dias de suspensão e 1250 euros de multa", pode ler-se no comunicado. "Factos que provam a mentira da notícia e que demonstram de forma inexorável que a correspondência roubada ao Benfica tem vindo a ser abusivamente utilizada, falsificada e desvirtuada", acrescenta o emblema da Luz, que ainda acusa o Expresso de recorrer a informação com "origem criminosa":

"O Benfica lamenta e não pode de deixar de manifestar a sua estupefação pela falta de rigor com que o jornal Expresso tem vindo a publicar notícias com base em informações de origem criminosa, falsa e que como se demonstra baseiam-se em emails que são desmentidos pela própria realidade", conclui.

© Filipe Amorim/Global Imagens

Leia o comunicado na íntegra:

"O Sport Lisboa e Benfica desmente de forma veemente a notícia falsa, baseada em emails falsos, truncados ou deturpados, hoje publicada pelo jornal Expresso sob o título na capa - "Benfica ajuda delegado que 'safou' Nuno Gomes".

Toda esta informação não corresponde de todo à verdade e se o Jornal e o Jornalista autor da notícia, cumprissem o seu dever de investigação sobre os factos, facilmente comprovaria que a informação onde se baseia não corresponde à realidade, como facilmente se prova e demonstra.

A Comissão Disciplinar da Liga, então presidida pelo Professor Doutor Ricardo Costa, na sequência do jogo referido na notícia (Sport Lisboa e Benfica - Nacional), relativo à época desportiva (2008/2009) aplicou a Nuno Gomes a sanção disciplinar de 2 jogos de suspensão e multa de 1000 euros e a Paulo Gonçalves a sanção disciplinar de 45 dias de suspensão e 1250 euros de multa.

Factos que provam a mentira da notícia e que demonstram de forma inexorável que a correspondência roubada ao Sport Lisboa e Benfica tem vindo a ser abusivamente utilizada, falsificada e desvirtuada.

Tudo quanto ficou expresso, prova a campanha difamatória e atentatória do bom nome e imagem do Sport Lisboa e Benfica, que em sede própria será objeto da devida penalização e reparação.

O Sport Lisboa e Benfica lamenta e não pode de deixar de manifestar a sua estupefação, pela falta de rigor com que o jornal "Expresso" tem vindo a publicar notícias com base em informações de origem criminosa, falsa e que como se demonstra baseiam-se em emails que são desmentidos pela própria realidade."

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon