Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica desencadeia processos disciplinares a Bruno de Carvalho e Jorge Jesus

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/03/2017 Ana Proença

Foram instaurados esta semana processos disciplinares a Bruno de Carvalho e Jorge Jesus por queixa do Benfica.

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta terça-feira ter instaurado dois processos disciplinares a um presidente de uma SAD e um processo disciplinar a um treinador de um clube por denúncia de uma outra SAD.

© Filipe Amorim / Global Imagens

O CD não identifica os sujeitos alvo de processos, mas O JOGO sabe tratar-se de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus, bem como ser o Benfica o denunciante.

Na base destes processos disciplinares estão declarações públicas, no caso de Bruno de Carvalho, ter dito "badamerda" no seu discurso na noite de eleições e ainda que tenha falado em "muita coisa controlada pelo Benfica" numa entrevista.

Já no caso de Jorge Jesus, o Benfica denunciou que o treinador tenha referido, numa conferência de imprensa, que o Conselho de Arbitragem tentou branquear a arbitragem de Jorge Sousa no dérbi entre os encarnados e o Sporting.

Os processos disciplinares foram enviados para a Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga de Clubes, mantendo-se em segredo até à acusação, conforme referido no comunicado da CD.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon