Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica fala nas contas da UEFA e aponta o dedo ao FC Porto: "A coação e ameaças continuam"

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Rui Trombinhas

Direção de comunicação emitiu uma mensagem em resposta ao que Francisco J. Marques revelou, na terça-feira à noite, no Porto Canal

O diretor de comunicação do FC Porto revelou, no Porto Canal, na terça-feira à noite, novos emails, envolvendo o Benfica na avaliação dada a Marco Ferreira, árbitro de um Braga-Benfica.

O clube da Luz respondeu esta quarta-feira, através da direção de comunicação que deixou várias notas apontadas aos dragões, envolvendo arbitragem, mas também a situação financeira. "Após vandalização de mais uma casa de um árbitro, foi apresentada mais uma queixa crime por parte de um grupo de árbitros contra o director de comunicação do FC Porto. A coação e ameaças continuam. Luís Gonçalves no ano passado ameaçou Tiago Antunes de descida de divisão. Ontem, vendo os outros à sua imagem, puseram em causa a classificação dada a Marco Ferreira num célebre SC Braga-SL Benfica, uma má arbitragem reconhecida por toda a imprensa com influência no resultado. Este passado de triste memória acabou. Enquanto apresentamos lucros recorde outros estão intervencionados pela UEFA por descalabro financeiro. Não há cortinas de fumo que disfarcem a realidade."

No programa "Universo Porto", Francisco J. Marques associou mais um antigo árbitro ao "lóbi de Fafe", como o diretor de comunicação do FC Porto lhe chamou. "Júlio Loureiro, ex-árbitro, ex-observador de primeira categoria e agora observador de árbitros de segunda categoria, funcionário judicial, enviou um email a Paulo Gonçalves onde enviava nota para mostrar e avisar Rui Vitória. Pedia depois discrição, pois aquilo nem era da sua secção. Não era nada de especial, Rui Vitória ia testemunhar num processo sobre o V. Guimarães. Mas se um funcionário judicial, que se dá a curiosidade de ser observador, avisa Paulo Gonçalves de uma simples notificação, o que farão com coisas mais graves", pergunta o diretor de comunicação portista. "Isso levanta-me temores terríveis, pois todos sabemos que o Benfica está sob investigação. Haverá nesta cadeia funcionários com contacto com Paulo Gonçalves, que está a ser também investigado? O que é isso de se avisar o Benfica? Isso só significa que o Benfica se move em todos os sectores", acusa.

© Fornecido por O jogo

Muito relevante também é a identidade de Júlio Loureiro. E não tem a ver com o facto de ser de Fafe, "como Jorge Ferreira ou Adão Mendes", cita Francisco J. Marques, mas porque, como observador de primeira categoria, ficou conhecido por outros motivos. "Observou um Braga-Benfica na qual deu a nota mais baixa de qualquer jogo da época (2) a Marco Ferreira. Lembram-se do que Marco Ferreira disse depois sobre as instruções que recebia de Vítor Pereira?", deixa no ar. Recordamos que o antigo árbitro madeirense, depois de despromovido, acusou o antigo líder do CA de lhe ligar a sugerir que favorecesse o Benfica.

Os Dragões mostraram ainda, no Porto Canal, documentos que associam Paulo Gonçalves ao ex-árbitro, que deu nota 2 ao madeirense num Braga-Benfica e o ajudou a descer.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon