Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica "oferece" vitória ao FC Porto

Sportinveste 19/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Benfica "oferece" vitória ao FC Porto © Sportinveste Multimédia Benfica "oferece" vitória ao FC Porto

Foi num lance surreal que os dragões carimbaram a vitória frente às águias.

O FC Porto venceu o Benfica por 26-25, na quinta jornada da fase final do campeonato de andebol, depois de os encarnados terem dominado o segundo tempo, para cometeram um erro no último segundo. Quando o Benfica jogava com guarda-redes avançado, e com o marcador a registar a igualdade (25-25), José Costa "ofereceu" a bola a Gilberto Duarte, que, com a baliza aberta, não se fez rogado e ofereceu ao FC Porto um importante passo na conquista do título nacional.

Com este triunfo os azuis e brancos somam agora 43 pontos, menos um que o líder Sporting (menos um jogo). Já o Benfica, que conta 38 na quarta posição, marcou passo na luta pelo título.

Com um início de jogo muito dividido, o FC Porto adiantou-se no marcador por culpa dos erros do Benfica, que teimou em adornar o último remate para golo, "transformando-o" em lance de contra-ataque para os dragões, que se colocaram a vencer por três golos à passagem dos 15 minutos.

Quando Elledy Semedo saiu de maca, aos 23 minutos, depois de um forte choque com João Ferraz, que o fez perder os sentidos, altura em que o marcador era favorável ao FC Porto (10-7), dificilmente se poderia acreditar que os "encarnados" chegassem ao intervalo a vencer por 11-10.

Os comandados de Jorge Rito comandaram praticamente o segundo tempo todo, estando quase sempre em vantagem, contudo, à semelhança da primeira parte, um conjunto de erros foram aproveitados pelos pupilos de Ljubomir Obradovic.

Os encarnados perderam o jogo por culpa própria, depois de terem o triunfo nas mãos, com dois golos de vantagem, sobretudo com o ingresso de Carlos Carneiro na equipa, que trouxe maior ligação entre o setor defensivo e ofensivo.

Jogo no Pavilhão nº 2 do Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica - FC Porto, 25-26.

Ao intervalo: 11-10.

Sob a arbitragem de César Carvalho e Daniel Freitas, as equipas alinharam e marcaram:

- Benfica: Hugo Figueira, Danil Chernov, António Areia, Elledy Semedo (4), José Costa (5), Dario Andrade (1) e Álvaro Rodrigues. Jogaram ainda Vicente Alamo (gr), Tiago Pereira (4), Cláudio Pedroso (5), Carlos Carneiro (5), João Pais (1) e Inácio Andrade.

Treinador: Jorge Rito.

- FC Porto: Hugo Laurentino, Gilberto Duarte (6), João Ferraz, Tiago Rocha (4), Ricardo Moreira (3), Wilson Davyes e Mick Schubert (4). Jogaram ainda Alfredo Quintana (gr), Pedro Spínola (7), Hugo Rosário (2) e Miguel Sarmento.

Treinador: Ljubomir Obradovic.

Marcha do marcador: 2-1 (5 minutos), 3-4 (10), 4-7 (15), 6-9 (20), 8-10 (25), 11-10 (intervalo), 13-12 (35), 16-16 (40), 19-19 (45), 22-20 (50), 23-22 (55) e 25-26 (resultado final).

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon