Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica soma a 10ª 'dobradinha'

Sportinveste 18/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Benfica vence Rio Ave no Jamor (1-0) © Sportinveste Multimédia Benfica vence Rio Ave no Jamor (1-0)

O Benfica juntou hoje a Taça de Portugal à I Liga, conquistando a chamada “dobradinha”, a 10.ª da sua história, mas apenas a primeira desde a “longínqua” temporada de 1986/87.

Sob o comando do inglês John Mortimore, os “encarnados” venceram o campeonato dois pontos à frente do FC Porto, que viria a sagrar-se campeão europeu, e arrebataram a Taça num percurso rematado com um 2-1 ao Sporting, graças a um “bis” de Diamantino.

Hoje, e depois de cinco campeonatos e três edições da Taça, mas nunca na mesma época, o Benfica juntou, finalmente, a Taça de Portugal ao campeonato, graças a um triunfo por 1-0 sobre o Rio Ave, selado pelo argentino Nicolas Gaitan.

Esse objetivo tinha estado muito perto em 1988/89 e 2004/05, mas os campeões falharam as respetivas “dobradinhas” no Jamor, ao perderem por 2-1 com o Belenenses e o Vitória de Setúbal, respetivamente.

Agora, numa época em que também conquistou a Taça da Liga, igualmente após uma final com o Rio Ave (2-0), o Benfica não falhou esse objetivo, reforçando a liderança do “ranking”: soma 10, contra sete do Sporting e seis do FC Porto, numa série iniciada em 1942/43, sob o comando do húngaro Janos Biri.

Os “encarnados” ganharam o campeonato com mais um ponto do que o Sporting e, na Taça de Portugal, bateram nas meias-finais os “leões” por 3-2, no Lumiar, e, depois, no Jamor, golearam o Vitória de Setúbal, então na segunda divisão, por 5-1.

Com o brasileiro Otto Glória como treinador, o Benfica conquistou mais três, duas nos anos 50, em 1954/55 e 56/57, e uma nos anos 60, em 1968/69, já depois de o “onze” do húngaro Lajos Czeizler ter selado a quarta, em 1963/64.

A sexta “dobradinha” aconteceu em 1971/72, com os “encarnados”, liderados pelo inglês Jimmy Hagan, a vencerem o campeonato com mais 10 pontos do que o Vitória de Setúbal e o Sporting por 3-2, após prolongamento, na final da Taça, com três golos do “rei” Eusébio, aos 19, 70 e 118 minutos.

Nove anos depois, em 1980/81, foi mais um húngaro, desta vez Lajos Baroti, a conduzir o Benfica à vitória nas duas provas, às custas do FC Porto, batido por dois pontos no campeonato e por um “hat-trick” de Nené (3-1) na final da Taça.

Dois anos volvidos, a primeira época (1982/83) sob o comando do sueco Sven-Goran Eriksson também terminou a “dobrar”, novamente com o FC Porto em papel secundário.

Os “encarnados” terminaram o campeonato com mais quatro pontos do que os portistas e, na final da Taça, venceram por 1-0, com um tento de Carlos Manuel, em pleno Estádio das Antas, num jogo já disputado no início da época seguinte.

A nona foi conseguida em 1986/87 e hoje, 27 anos depois, chegou, finalmente, a 10.ª, sob o comando de Jorge Jesus. Ainda assim, em quase três décadas, os “encarnados” não foram ultrapassados no campeonato das “dobradinhas”.

Rumo à 25.ª Taça de Portugal, que sucedeu ao 33.º campeonato e à quinta Taça da Liga, o Benfica tinha eliminado o Sporting e o FC Porto, o que só havia sucedido uma vez.

- Historial das "dobradinhas":

Época, Clube, Treinador
1940/41, Sporting, Joseph Szabo (Hun)
1942/43, Benfica, Janos Biri (Hun)
1947/48, Sporting, Cândido de Oliveira
1953/54, Sporting, Joseph Szabo (Hun)
1954/55, Benfica, Otto Glória (Bra)
1955/56, FC Porto, Dorival Yustrich (Bra)
1956/57, Benfica, Otto Glória (Bra)
1963/64, Benfica, Lajos Czeizler (Hun)
1968/69, Benfica, Otto Glória (Bra)
1971/72, Benfica, Jimmy Hagan (Ing)
1973/74, Sporting, Mário Lino
1980/81, Benfica, Lajos Baroti (Hun)
1981/82, Sporting, Malcolm Allison (Ing)
1982/83, Benfica, Sven-Goran Eriksson (Sue)
1986/87, Benfica, John Mortimore (Ing)
1987/88, FC Porto, Tomislav Ivic (Jug)
1997/98, FC Porto, António Oliveira
2001/02, Sporting, Laszlo Boloni (Rom)
2002/03, FC Porto, José Mourinho
2005/06, FC Porto, Co Adriaanse (Hol)
2008/09, FC Porto, Jesualdo Ferreira
2010/11, FC Porto, André Villas-Boas
2013/14, Benfica, Jorge Jesus

Balanço:
1. Benfica, 10 dobradinhas
2. FC Porto, 7
3. Sporting, 6

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon