Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica-Sporting: Dérbi da Luz decide líder, no regresso de Jesus 'take 2'

Logótipo de LusaLusa 09/12/2016 Pedro Belo da Fonseca
MANUEL DE ALMEIDA/LUSA © LUSA / MANUEL DE ALMEIDA MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Redação, 09 dez (Lusa) – Benfica e Sporting lutam no domingo pela liderança da I Liga portuguesa de futebol, num dérbi da 13.ª jornada que marca um segundo regresso à Luz de Jorge Jesus, agora sem o ‘frenesim’ de há um ano.

Numa altura em que a tensão entre os dois clubes atravessa um período de acalmia, pelo menos aparente, os ‘encarnados’ arrancam com dois pontos de vantagem, que eram cinco antes de os tricampeões perderem a invencibilidade na ronda anterior.

Um desaire por 2-1 das ‘águias’ no reduto do Marítimo deu um interesse suplementar ao dérbi lisboeta, com o Sporting, que já esteve a sete pontos, a poder regressar, oito jornadas depois, ao primeiro posto da tabela.

O Benfica vem de um desaire no campeonato - cenário que já não vivia desde 12 de fevereiro, quando perdeu por 2-1 na receção ao FC Porto - e ‘caiu’ uma segunda vez consecutiva, na terça-feira, perante o Nápoles, pelo mesmo resultado.

Apesar do desaire, o clube da Luz conseguiu um inédito segundo apuramento consecutivo para os oitavos de final da ‘Champions’, enquanto o Sporting nem para a Liga Europa logrou ir, ao perder por 1-0 com o Legia Varsóvia, com a desvantagem de ter jogado um dia depois e na Polónia.

Os dois conjuntos não chegam ao dérbi com o moral em alta, com o Benfica a poder, no entanto, jogar com dois resultados, já que o empate lhe garante a manutenção da liderança, embora podendo ficar também com o FC Porto a dois pontos.

O Sporting tem, por seu lado, o facto de ter ganhado por 3-0 o derradeiro dérbi na Luz, num jogo que resolveu nos primeiros 36 minutos, com tentos de Teo Gutiérrez e Slimani, que já partiram, e de Bryan Ruiz.

Então, a equipa de Jorge Jesus partiu em posição favorável na tabela, que liderava, em igualdade com o FC Porto e cinco pontos à frente do Benfica, que era quinto, com menos um jogo disputado, que empataria (0-0 com o União, na Madeira).

Os ‘leões’ tinham ainda a vantagem psicológica de já terem batido as ‘águias’ na Supertaça (1-0 no Algarve), sendo que, depois, ainda bateram o conjunto de Rui Vitória uma terceira vez, para a Taça de Portugal (2-1 em casa, após prolongamento).

No último embate da época 2015/16, e no que é ainda o derradeiro dérbi, o Benfica conseguiu, no entanto, vencer em Alvalade por 1-0 (golo de Mitroglou), resultado que viria a revelar-se decisivo para as ‘águias’ arrebatarem o ‘tri’.

Desta vez, os ‘encarnados’ estão à frente e, se podem perder a liderança, também a podem reforçar e reabrir cinco pontos de vantagem sobre os ‘leões’, que correm o risco de acabar a ronda no terceiro lugar.

No presente campeonato, o Benfica empatou o primeiro jogo na Luz, com o Vitória de Setúbal, mas venceu os últimos quatro, enquanto o Sporting só ganhou dois de cinco jogos fora de Alvalade – empatou com Vitória de Guimarães (3-3, depois de estar a ganhar por 3-0) e Nacional e perdeu com o Rio Ave.

Quanto às equipas, os ‘encarnados’ não estão, para não variar, na máxima força, face às lesões de Grimaldo, Eliseu e André Horta, sendo que Jonas poderá reaparecer, mas não será, certamente, titular.

Por seu lado, os ‘leões’ não terão Schelotto e têm Joel Campbell em dúvida, sendo que nenhum dos dois seria presença certa no ‘onze’ se em condições físicas.

Mesmo sem o impacto de há um ano, em que ainda estava fresca a sua mudança para Alvalade, o regresso de Jorge Jesus à Luz não passará despercebido, bem com os dos ex-benfiquistas Bruno César e Markovic, que podem ser titulares.

O 299.º encontro oficial entre Benfica e Sporting, a contar para a 13.ª jornada da edição 2016/17 da I Liga portuguesa de futebol realiza-se no domingo, pelas 18:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, com arbitragem do portuense Jorge Sousa.

PFO // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon