Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bernardo Silva: "Não tivemos a sorte que tivemos noutras alturas"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/06/2017 Alcides Freire

O internacional português, Bernardo Silva, abordou a derrota da equipa das "Quinas" nas meias-finais da Taça das Confederações

Análise à derrota com o Chile: "Portugal entra sempre para ganhar. Infelizmente não o conseguimos fazer. Jogámos contra uma grande equipa, tivemos momentos bons e menos bons. Fizemos um bom jogo, mas não conseguimos marcar, e nas grandes penalidades o Bravo defendeu três, nós falhámos três. Parabéns ao Chile que também merece chegar à final".

© MÁRIO CRUZ

Falhar os dois primeiros penáltis: "Quando se falha o primeiro e o segundo, a pressão aumenta muito. Não se pode depois falhar mais. Não tivemos a sorte que tivemos noutras alturas"

Jogo do terceiro e quarto lugares: "Portugal entra sempre para ganhar. Já prometemos ganhar. Queremos ficar em terceiro e vai ser um jogo importante. Mas o nosso objetivo é ficar sempre em primeiro".

Férias e ingresso no Manchester City: "Vou ter as férias que tiver de ter. Estou contente pelo passo que dei. Esta competição não correu como nós queríamos, mas há que olhar par o futuro com alegria e felicidade".

Confiança de Fernando Santos: "Senti-me bem como sempre. O selecionador sempre deu-me total confiança e nesta competição senti-me muito bem".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon