Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bis de Fábio Fortes alicerça vitória do Vizela na Póvoa de Varzim

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/05/2017 Ana Proença
© Fornecido por O jogo

O já despromovido Vizela venceu este domingo em casa do Varzim por 3-0, em partida da última jornada da II Liga de futebol, em que um 'bis' de Fábio Fortes alicerçou o triunfo dos vizelenses.

O atacante da formação minhota marcou aos 19 e 57 minutos, resolvendo, praticamente, o jogo, tendo Panin, entrado para a segunda metade, dado mais volume ao resultado final, marcando aos 84.

Com este resultado o Vizela, que já entrou nesta jornada com a descida de divisão sentenciada, terminou o campeonato na 19.ª posição com 46 pontos, enquanto o Varzim, que chegou a estar envolvido na luta pela subida, fecha a sua participação nesta edição da II Liga no nono lugar com 61.

Apesar de nenhuma das equipas ter objetivos classificativos a almejar nesta derradeira jornada, os primeiros minutos até prometeram, com um futebol repartido e situações de perigo, nomeadamente num remate do poveiro Estrela, devolvido pelo poste.

No entanto, eram os visitantes que demonstravam mais ambição, aproveitando o pouco entrosamento de alguns jogadores menos utilizados do Varzim, que o técnico João Eusébio observou nesta partida.

Acabou, por isso, por não surpreender o primeiro tento dos vizelenses, aos 19 minutos, numa desmarcação de Fábio Fortes, que, no frente a frente com o guardião da casa Paulo Cunha, mostrou frieza para fazer o 1-0.

O tento do adversário não teve reação por parte do Varzim, que com muitos passes errados, foi quase sempre uma presa fácil para os vizelenses, que após o intervalo voltaram a surgir mais fortes.

Aos 57 minutos, Fábio Fortes assumiu-se como o homem do jogo, aproveitando uma série de erros da defensiva do Varzim, para surgir, novamente, em boa posição e assinar o 'bis' no jogo.

Só com o segundo golo encaixado o Varzim revelou algum inconformismo, embora não conseguindo melhor que um remate de Rui Costa, ao lado, já depois da hora do jogo.

O Vizela geria a contenda sem problemas, e beneficiando da expulsão do poveiro Rui Coentrão, por acumulação de amarelos, aos 74, teve ainda o caminho aberto para chegar o 3-0, assinado, desta feita, pelo recém-entrado Panin, aos 84 minutos.

Jogo no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.

Varzim - Vizela, 0-3.

Ao intervalo 0-1.

Marcadores:

0-1, Fortes, 19 minutos.

0-2, Fortes, 57.

0-3, Panin, 84.

Equipas:

- Varzim: Paulo Cunha, Jean, Fábio Fonseca, Delmiro, Rui Coentrão, Estrela, Villagrán (Diego Barcelos, 68), Neta (Dreyer, 62), Nelsinho, Malele (Amimu, 72) e Rui Costa.

(Suplentes: Marinhou, Amimu, Denot, Diego Barcelos, Dreyer, Mailó Cruz e Eder).

Treinador: João Eusébio.

- Vizela: Pedro Albergaria, João Pedro, Miguel Oliveira, João Cunha, Kouao, Alex Porto (Dani, 90+1), Luís Ferraz (Tiago Ronaldo, 81), Filipe Augusto (Panin, 75), Pinto, Homero e Fábio Fortes.

(Suplentes: Paulo Ribeiro, Tiago Martins, Prince, Tiago Ronaldo, Dani, Panin e João Vieira).Treinador: Carlos Cunha.

Árbitro: João Matos (AF Viana do Castelo).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Paulo Cunha (36), Delmiro (48), Rui Costa (59), Rui Coentrão (60 e 74), Nelsinho (74) e Kouao (79). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Rui Coentrão (74).

Assistência: 1.500 espetadores.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon