Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

BNP Paribas deixa de financiar empresas de gás ou petróleo de xisto e areias betuminosas

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/10/2017 Administrator

O banco BNP Paribas vai deixar de financiar empresas que têm a principal atividade relacionada com gás ou petróleo de xisto ou de areias betuminosas, mais poluentes, apostando em projetos de baixo carbono, anunciou hoje o grupo bancário.

"O BNP Paribas não vai mais negociar com empresas cuja principal atividade seja a exploração, produção, distribuição, 'marketing' ou comércio de petróleo ou gás de xisto ou petróleo de areias betuminosas", refere um comunicado divulgado no site do banco na internet.

O banco salientou também ir deixar de financiar projetos que estão essencialmente envolvidos no transporte ou exportação daquelas formas de energia, apontadas como responsáveis pela emissão de gases com efeito de estufa, contribuindo para as alterações climáticas.

Outra das decisões do grupo, presente em 75 países, é não financiar quaisquer projetos de exploração ou produção de petróleo ou gás na região do Ártico.

"O BNP Paribas vai continuar ativamente a apoiar clientes do setor energético que estejam comprometidos a ser parte da transição energética", acrescenta o grupo.

Estas medidas vêm complementar decisões já avançadas pelo banco de reduzir o apoio a minas de carvão ou centrais a carvão, de aumentar o total de financiamento das energias renováveis para 15 mil milhões de euros, até 2020, e de destinar 100 milhões de euros para o investimento em 'startups' dedicadas a encontrar soluções inovadoras para a transição energética.

O objetivo do banco é financiar e investir em atividades que estejam em linha com o cenário da Agência Internacional de Energia, que pretende participar na meta de limitar o aquecimento do planeta aos dois graus celsius até final do século.

Para conseguir este objetivo, os países devem diminuir a sua dependência de combustíveis fósseis, a começar pelo petróleo e pelo gás de xisto e o petróleo obtido a partir de areias betuminosas, cuja extração e produção emite elevados níveis de gases com efeito de estufa.

Este conjunto de medidas, explica, "quer dizer que o BNP Paribas vai gradualmente cessar de financiar um significante número de agentes que não são parte ativa da transição para uma economia de baixo carbono".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon