Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Bola a andar, capricha", os pedidos de Nuno para o Braga-FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/04/2017 Alcides Freire

Nuno Espírito Santo exige concentração e qualidade no passe de primeira, com constantes trocas de lado. Marcano cumpriu castigo com o Belenenses e está pronto para voltar ao onze

© Fornecido por O jogo

Num mês marcado pela "guerra" de comunicação entre os três grandes, não deixa de ser curioso que Nuno Espírito Santo tenha pedido aos seus jogadores para comunicarem bem. A ideia do treinador portista, porém, não está assente em qualquer estratégia extrafutebol, nem foi entregue qualquer cartilha ao grupo: Nuno quer apenas os jogadores solidários, unidos e comunicativos nas seis jornadas que faltam para encerrar o campeonato, começando já pela "final" de Braga. Só com todos comprometidos e a remar para o mesmo lado é que será possível chegar ao título, e foi isso que se exigiu no exercício de circulação que orientou, por exemplo, na sessão matinal de quarta-feira. O treinador, recorde-se, manifestou a convicção de que o FC Porto será campeão se ganhar os jogos todos até final da época.

Depois do aquecimento, que até foi puxado e a cargo de António Dias, Nuno chamou os jogadores para outro campo - só os guarda-redes ficaram junto de uma das balizas - e deu indicações para que a bola circulasse ao primeiro toque. Divididos em grupos de três e com "bonecos" espalhados para complicar a ação, exigiu qualidade. "Bola a andar" e "capricha" foram as primeiras indicações, antes de pedir "mais concentração" e para "comunicarem bem".

destaquenaoperca6218623

O FC Porto tem o plantel todo operacional e também não há castigados, uma vez que Marcano já estará à disposição do treinador depois de ter cumprido um jogo de suspensão contra o Belenenses. O espanhol deverá ser titular ao lado de Felipe na Pedreira, "impedindo" que Boly defronte a sua antiga equipa. Os portistas voltam a trabalhar esta manhã, às 10h30, novamente no Olival, mas à porta fechada. No final da sessão, a partir das 12h30, Nuno fará a antevisão do encontro com o Braga (sábado às 20h30) em conferência de Imprensa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon