Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bolsa de Lisboa em baixa com Pharol a cair 1,30%

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Administrator

A bolsa de Lisboa estava hoje em baixa, com as ações da Pharol a liderarem as perdas e a caírem 1,30% para 0,302 euros.

Cerca das 08:45 em Lisboa, o principal índice, o PSI20, estava a cair 0,40% para 5.148,30 pontos - com 12 'papéis' a desvalorizarem-se, cinco a subirem e dois inalterados (Novabase e REN) -, depois de ter subido em 19 de junho até aos 5.330,60 pontos, um máximo dos últimos 18 meses.

Além dos 'papéis' da Pharol, os da Altri e da Corticeira Amorim eram dos que mais desciam, estando a recuar 0,87% para 3,997 euros e 0,79% para 12,59 euros.

Em sentido inverso, as unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral eram as que mais subiam, estando a subir 0,41% para 0,982 euros, abaixo do preço, de um euro, da Oferta Pública de Aquisição (OPA).

Na terça-feira, o Montepio Geral--Associação Mutualista anunciou que pretende lançar uma Oferta Pública de Aquisição sobre a Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), oferecendo um euro por unidade, sendo o valor total da oferta de 106 milhões de euros.

O Montepio Geral -- Associação Mutualista diz no anúncio ser sua intenção promover o mecanismo de perda da qualidade de sociedade aberta (saída de bolsa), na sequência da transformação da CEMG em sociedade anónima, "cuja conclusão deverá ocorrer em momento posterior próximo ao encerramento" desta OPA.

Na Europa, as principais bolsas estavam em baixa, depois da publicação das atas da última reunião do Banco Central Europeu (BCE), nas quais a entidade se mostra disposta a reduzir as compras de dívida se estiverem reunidas as condições necessárias, ainda que não tenha sido estabelecido qualquer plano concreto.

Os investidores também vão estar atentos à publicação de dados sobre o mercado laboral em junho nos Estados Unidos, à espera que se cumpram as previsões que situam a taxa de desemprego em 4,3%.

Em Nova Iorque, a bolsa em Wall Street terminou na quinta-feira com o Dow Jones a descer 0,74% para 21.320,04 pontos, depois de ter subido em 19 de junho até aos 21.528,99 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a subir para 1,1408 dólares, contra 1,1398 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em setembro, abriu hoje em baixa, a cotar-se a 47,55 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 1,16% do que no encerramento da sessão anterior.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon