Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bolsa de Lisboa em baixa com Pharol a descer 2%

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/10/2017 Administrator

A bolsa de Lisboa estava hoje de manhã em baixa ligeira, com as ações da Pharol a liderarem as perdas, a descerem 2% para 0,44 euros.

Cerca das 09:10 em Lisboa, o principal índice, o PSI20, com 18 títulos, estava a descer 0,06% para 5.433,15 pontos, com oito "papéis" a desvalorizarem-se, sete a subirem e três inalterados.

Além dos títulos da Pharol, os da Sonae e da NOS eram os que mais desciam, estando a desvalorizarem-se 0,68% para 1,024 euros e 0,65% para 5,19 euros.

Na segunda-feira, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que fiscaliza as operadoras de telecomunicações do Brasil, negou a proposta da Oi, cuja Pharol é acionista de referência com 27%, de trocar as dívidas que tem ao órgão regulador por investimentos.

A decisão, comunicada em nota, destaca que, por unanimidade, o conselho da Anatel decidiu pela não celebração do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) - que previa trocar as multas por investimentos em infraestrutura - com o grupo Oi.

Em sentido contrário, as ações da Jerónimo Martins e dos CTT eram os que mais subiam, designadamente 0,99% para 15,74 euros e 0,51% para 5,121 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam hoje de manhã mistas, com os investidores atentos, uma vez mais, aos desenvolvimentos na Catalunha, marcados pela tensão entre Madrid e Barcelona.

Na agenda macroeconómica, a agência de estatística comunitária Eurostat publica hoje os dados do défice e da dívida na União Europeia no segundo trimestre de 2017 e a Markit divulga o índice da evolução da atividade na zona euro em outubro.

Depois de ter sido ativado no fim de semana o artigo 155 da Constituição espanhola, que suspende o estatuto autonómico daquela região do nordeste de Espanha, Madrid espera uma eventual resposta do 'Parlament' catalão.

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, ativou o artigo 155 depois do líder do executivo catalão, Carles Puigdemont, não ter esclarecido se declarou ou não a independência da Catalunha.

Em Nova Iorque, a bolsa em Wall Street terminou na segunda-feira, com o Dow Jones a descer 0,23% para 23.273,76 pontos, depois de ter subido em 20 de outubro até aos 23.328,63 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896, enquanto o Nasdaq recuou desceu 0,64% para 6.586,83 pontos.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1757 dólares, contra 1,1746 dólares no encerramento de segunda-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em dezembro, abriu hoje em alta, a cotar-se a 57,49 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,20 do que no encerramento da sessão anterior.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon