Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bolsas europeias seguem positivas, antes da reunião do BCE

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Administrator

As bolsas europeias seguem hoje positivas, antes da reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), que deverá manter as taxas de juro inalteradas.

Às 08:30 de Lisboa, o Eurostoxx 50, o índice que representa as principais empresas da zona euro, seguia a avançar 0,46% para 3.516,45 pontos.

As principais bolsas europeias estavam a transacionar entre os ganhos de 0,30% de Madrid e os 0,54% de Paris.

Lisboa seguia igualmente positiva, com o principal índice, o PSI20, a avançar 0,45% para os 5.326,21 pontos.

O BCE deverá manter as taxas de juro, na reunião de hoje, e o seu presidente, Mario Draghi, tentará tranquilizar os mercados quanto ao rumo a seguir, segundo analistas.

Desde 2015, o BCE tem mantido as suas taxas de juro em mínimos históricos e tem feito avultadas aquisições mensais de dívida pública e privada para apoiar o crescimento económico.

Na reunião de junho, o BCE deu sinais de estar a preparar uma transição suave na política bastante flexível que tem seguido, mas declarações de Draghi num seminário em Sintra viriam depois a agitar os mercados, tendo sido interpretadas como um sinal de que há espaço para retirar mais cedo do que o previsto os estímulos do banco central.

Para a maioria dos analistas, o BCE deverá esperar pela reunião de setembro para anunciar quais são as suas intenções em relação ao programa de compra de ativos, que está em vigor até ao fim do ano, com um volume mensal de aquisições de 60 mil milhões de euros.

No que se refere às divisas, o euro seguia a desvalorizar face ao dólar e trocava-se, na abertura, a 1,1512 dólares, enquanto no mercado de matérias-primas, o crude de referência na Europa, o Brent, seguia a cair ligeiramente até aos 49,65 dólares por barril.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon