Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bombeiros em Itália tiveram hoje 1.200 saídas para incêndios

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

As encostas do Vesúvio, perto de Nápoles, continuaram a arder hoje e cerca de 70 bombeiros empenharam-se em combater os diferentes focos de incêndio, enquanto foi aberto um inquérito para apurar se o fogo teve origem voluntária.

No sul de Itália e na Sicília, os bombeiros anunciaram que tiveram hoje 1.200 intervenções para incêndio, metade das quais na ilha.

No Vesúvio, as colunas de fumo provenientes de quatro frentes eram visíveis na parte da tarde em Nápoles, onde os habitantes também sentiam um forte cheiro a queimado, indicaram os meios italianos.

Este incêndio já destruiu várias dezenas de hectares de vegetação no parque natural do Vesúvio, bem como numerosas culturas, e tem estado nas proximidades de zonas habitadas, onde porém ainda não fez vítimas.

Além dos 70 bombeiros no local, alguns dos quais oriundos de Turim, foram também mobilizados três aviões bombardeiros de água e uma trinta de veículos.

Além da Campânia, várias regiões italianas também estavam confrontadas com incêndios, designadamente a da Calábria, no sul, ou a dos Abruzos, no centro.

Na Sicília, onde as temperaturas atingem os 40.º graus Celsius e sopra um vento quente, há incêndios ativos em vários locais. Foram abertos vários inquéritos sobre as suas causas, bem, como sobre a falta de prevenção.

"O quer está a acontecer é o maior desastre dos últimos anos para a biodiversidade", estimou a Coldiretti, uma das principais associações de agricultores do país.

Em San Vito Lo Capo, no fim de um braço de terra no noroeste da Sicília, cerca de mil pessoas tiveram de ser retiradas de uma instância de férias, informaram os bombeiros.

Como a estrada não estava disponível, as pessoas foram retiradas, na sua maioria, por mar, em embarcações de pescadores, que tinham sido solicitados a ajudar pela capitania do porto.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon