Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Braga repudia atitude de grupo "instrumentalizado" de adeptos

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/05/2017 Hugo Monteiro

Direção do Braga lamentou a atitude de um grupo "instrumentalizado" de adeptos do clube no final do jogo com o Tondela.

A Direção do Braga lamentou a atitude de um grupo "instrumentalizado" de adeptos do clube no final do jogo com o Tondela, da última jornada da I Liga de futebol. "A direção do Sporting de Braga lamenta e repudia veementemente a atitude de um grupo restrito e minoritário de adeptos" no final da derrota com os tondelenses por 2-0, "o desrespeito para com os jogadores e, acima de tudo, para com o símbolo do nosso clube, nomeadamente através do arremesso de objetos que atingiram atletas e, sobretudo, do arremesso de camisolas entregues pelos jogadores para o chão", pode ler-se num comunicado do clube.

© Tony Dias/Global Imagens

A Direção arsenalista liderada por António Salvador "estranha que este tipo de comportamento se venha agudizando nos últimos meses, reconhecendo também que o universo de adeptos do Sporting de Braga não pode ser confundido com um pequeno núcleo instrumentalizado ou movido por outros objetivos que não a defesa e o apoio do Sporting de Braga".

A nota conclui com a garantia de que a direção "tudo fará para erradicar tais manifestações de desrespeito, que envergonham o clube e todo o universo bracarense".

O Sporting de Braga, que terminou o campeonato em quinto lugar, vai a eleições em 27 de maio, com António Salvador e António Pedro Peixoto como candidatos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon