Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Brasil: Deputados começam a votar denúncia de corrupção contra Temer

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/08/2017 Administrator

Deputados começaram a decidir hoje às 18:20 (22:20 em Lisboa) se aceitam ou não o arquivamento da denúncia contra o Presidente Michel Temer, formalmente acusado do crime de corrupção passiva pela Procuradoria-geral da República do Brasil.

A primeira sessão na câmara baixa, que começou às 09:00 (13:00 Lisboa) e se estendeu até as 14:00 (18:00 Lisboa), foi marcada por tumultos e debates acalorados entre os governantes e membros da oposição.

Apesar de todo o ruído, os deputados da oposição não conseguiram evitar que o quórum mínimo para começar a votação de 342 deputados fosse atingido.

Na segunda sessão do dia, os parlamentares analisaram vários requerimentos da oposição, que pediu a retirada da votação da agenda de hoje, a presença do procurador-geral da República nos debates entre outras solicitações.

Todos os requerimentos foram derrotados, indicando que está favorável ao Presidente brasileiro e seus aliados, que trabalharam intensamente para iniciar a votação o mais cedo possível porque confiam ter a seu favor mais do que os 172 deputados necessários para barrar o processo.

Agora, todos os 513 parlamentares da câmara baixa brasileira devem proferir e justificar sua posição diante de um microfone. Assim, não há previsão exata para o fim da votação.

Michel Temer foi denunciado em junho, após executivos do grupo JBS firmarem um acordo com à Justiça no qual confessaram seus crimes em troca de perdão judicial.

Nos depoimentos que deram a Procuradoria-geral, os membros da JBS confessaram que subornaram o chefe de Estado brasileiro para que a sua empresa recebesse favores junto de diversos órgãos do Governo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon