Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Brasil: seleção recebida com protestos

Sportinveste 26/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Brasil: seleção recebida com protestos © Sportinveste Multimédia Brasil: seleção recebida com protestos

Início da preparação da canarinha ficou marcado por protestos e o autocarro até teve que ser desviado, já que uma rua estava cortada por manifestantes.

"Brasil, vamos acordar, o professor [Scolari] ganha menos que o Neymar", gritaram alguns manifestantes esta segunda-feira, na receção ao selecionado brasileiro, em Teresópolis, no início da sua preparação para o Mundial. O trajeto de autocarro, desde o Rio de Janeiro até aquela cidade chegou a sofrer uma alteração, quando um grupo de manifestantes que gritava "não vai ter Copa" decidiu fechar uma rua.

A onda de contestação não deixou de causar algumas preocupações, mas o coordenador da seleção, Carlos Alberto Parreira, apressou-se a colocar água na fervura e a desvalorizar o sucedido:

"Cada um interpreta as coisas como quiser. Houve um contratempo no início, causado por 200 pessoas, no máximo, mas eu tenho a certeza de que a seleção é um património cultural e desportivo do povo brasileiro. Todos vão apoiar a seleção e ninguém vai ficar contra ela".

Na chegada à Granja Comary, em Teresópolis, local de estágio da seleção, meia centena de pessoas esperava o autocarro, endereçando algumas "bocas" à comitiva, algo que não seria previsível, enquanto outros gritavam palavras de incentivo.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices

Mais de Sportinveste

image beaconimage beaconimage beacon