Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Brasileiro Ronaldinho Gaúcho admite retirada definitiva do futebol

Logótipo de LusaLusa 18/02/2017 Alexandra Oliveira
ANDRÉ KOSTERS/LUSA © LUSA / ANDRÉ KOSTERS ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Nova Orleães, Estados Unidos, 18 fev (Lusa) – O futebolista brasileiro Ronaldinho Gaucho, de 36 anos, admitiu hoje a hipótese de deixar definitivamente o futebol e até já pensa em possíveis jogos de despedida.

“Vou completar 37 anos no mês que vem, a idade chega para todos e é hora de tomar um novo rumo”, afirmou Ronaldinho em declarações à TV Globo em Nova Orleães, nos Estados Unidos, onde acompanhará o All Star Game da Liga Norte-Americana de Basquetebol.

O jogador, campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002, disse ter recebido várias propostas para jogar “três meses num clube, ou seis meses noutro”, mas reconheceu que esse não é o seu objetivo atual.

“Ainda não decidi se vou fazer um jogo de despedida, ou se vou jogar três meses num clube e depois deixar o futebol, mas acho que o mais provável é mesmo fazer um jogo de despedida”, disse, acrescentando: “Dentro de pouco tempo vou tomar uma decisão”.

Ronaldinho Gaucho admitiu que está a ponderar organizar um encontro de despedida em cada uma das equipas nas quais alinhou.

O jogador brasileiro chegou ao Paris Saint-Germain na época 2001/2002, proveniente do Grémio, passando depois pelo FC Barcelona, pelo AC Milan. Regressou depois ao Brasil, para jogar no Flamento, no Atlético Mineiro e no Fluminense, o último clube que representou.

Em 2015, Ronaldinho Gaucho, eleito em 2005 o melhor jogador do Mundo pela FIFA, passou ainda pelo Querétaro, do México.

AO // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon