Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruno de Carvalho acelera mercado

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/05/2017 Hugo Monteiro
© Gerardo Santos/Global Imagens

Presidente e Jorge Jesus voltaram a encontrar-se segunda-feira, depois de alguns dias de impasse gerado pelo PSG.

Bruno de Carvalho e Jorge Jesus reuniram-se novamente segunda-feira para prosseguir a planificação da temporada 2017/18, depois de um período de alguma indefinição em torno do futuro do técnico, por força da possibilidade de este ingressar nos franceses do PSG. Acelerar os processos em cima da mesa é o objetivo de Bruno de Carvalho, que devido aos compromissos enquanto presidente do clube esteve ausente do país, concretamente na Roménia, onde levantou a Taça Challenge de andebol, e tem viagem marcada para o Canadá, concretamente Toronto, no próximo dia 2 de junho, estando o regresso agendado para dia 9 do mesmo mês.

Presidente e treinador debateram questões relacionadas com a formação do plantel, nomeadamente a que diz respeito aos alvos identificados para o reforço da equipa liderada por Jorge Jesus, naquela que foi a terceira reunião nos últimos 15 dias entre ambos. As premissas mantêm-se de pé no que à construção do elenco diz respeito, uma vez que Jorge Jesus deseja a aquisição de dois laterais-esquerdos, um defesa-central com maturidade e experiência, um extremo-esquerdo e mais um avançado, isto, claro, sem contemplar a necessidade de repor alguma saída dos atletas de maior importância, casos de Rui Patrício, William Carvalho, Adrien ou até mesmo Rúben Semedo, na mira de Lille e Newcastle. Os nomes dos atletas que vão regressar a Alvalade para serem observados pelo técnico, tal como elementos da equipa secundária, também já foram objeto de discussão, casos de Iuri Medeiros, Jonathan Silva ou Gelson Dala e Demiral (ver página 12). Certo é que os leões desejam ter um plantel constituído por 24 ou 25 elementos, reduzindo assim substancialmente o número de atletas, quando comparado com o plantel de 32 elementos na época passada. As dispensas já estão definidas, mas as dificuldades de colocação de alguns atletas podem fazer com que Jorge Jesus os acolha nas primeiras duas semanas de trabalho, antes do estágio de pré-temporada que se vai realizar na Suíça (ver peça à parte). Até dia 2, Bruno de Carvalho irá dar andamento a um conjunto de objetivos internos elaborados com Jesus.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon