Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruno de Carvalho estava "muito triste e abatido" após o debate

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/02/2017 Ana Proença

Pedro Madeira Rodrigues, candidato à presidência do Sporting, afirmou, na quinta-feira, que o atual presidente dos 'leões', Bruno de Carvalho, estava "muito triste e abatido" após o debate entre ambos, na Sporting TV.

"Tive a sensação clara que ele esteve em perda o tempo todo. Se calhar, fui ganhando esta força, esta confiança e senti-o muito em baixo no fim. Quando o fui cumprimentar ele estava muito triste e abatido. Dei-lhe força para os próximos dias e ele disse-me qualquer coisa mal do meu projeto", argumentou.

No final do debate, que demorou cerca de duas horas, o candidato da lista A considerou que Bruno de Carvalho "se repetiu e pegou em papéis para disfarçar a incapacidade de falar por ele próprio".

Por outro lado, o atual presidente do Sporting considerou que foi "provocado" durante todo o debate, lamentando que tenham sido "levantadas muitas suspeitas".

© Pedro Rocha / Global Imagens

"Estive a ser provocado durante o debate todo. Acho que eu consegui passar o que vai ser o programa nos próximos quatro anos do Sporting, o sentido de excelência e a ambição. Foi um debate que levantou muitas suspeitas e muitas dúvidas", argumentou.

Bruno de Carvalho, ainda assim, frisou que saiu do debate "satisfeito e calmo por não ter respondido a provocações".

O gestor Pedro Madeira Rodrigues e o atual presidente do clube, Bruno de Carvalho, são os únicos candidatos à presidência do Sporting, cujas eleições para os órgãos sociais se realizam no próximo dia 04 de março.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon