Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruno de Carvalho: "Há imagens do presidente do Benfica quase a agredir e o processo arrasta-se"

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/03/2017 Ana Proença
© Fornecido por O jogo

O presidente do Sporting acha que o processo do túnel, envolvendo Carlos Pinho, vai demorar a ser ajuizado por serem "coisas do futebol", certo de que o presidente do Arouca "nem na vida pessoal pode ter a cabeça tranquila"

A morosidade do processo do túnel não espanta Bruno de Carvalho. A essa propósito, o líder do Sporting recordou que também Luís Filipe Vieira, o presidente do Benfica, terá sido apanhado por supostas "imagens quase a agredir uma pessoa da arbitragem". "Foi tudo claro e o processo anda a arrastar-se. No caso das minhas imagens, não houve nada e anda a arrastar-se também. Como há um processo a decorrer, o meu também tem de decorrer. Não aquelas imagens manipuladas. São aquelas coisas do futebol", considerou.

Dizendo-se de "cabeça tranquila", Bruno de Carvalho lançou uma nova crítica: "Já esse senhor nem na vida pessoal pode ter a cabeça tranquila, quanto mais no futebol", atirou, revelando que não acompanhará a equipa na deslocação a Arouca, da próxima jornada do campeonato. "Eu vou estar em Angola nessa altura", precisou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon