Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Bruno de Carvalho já me conhece: negócio não é como o do cigano"

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/04/2017 Alcides Freire

Carlos Pereira, presidente do Marítimo, em entrevista exclusiva a O JOGO

Bruno de Carvalho e Carlos Pereira protagonizaram uma zanga valente, quando o FC Porto levou Danilo e depois com a negociação de José Sá e Marega. Merece, por isso, um capítulo especial...

© Fornecido por O jogo

"O Bruno de Carvalho era quem dos três presidentes aquele que não me conhecia bem, como é lógico, mas penso que hoje já me conhece o suficiente e - já conversámos sobre isso - para saber que o negócio, quando se faz, não é como o negócio do cigano: faz-se. Há uma verba, há compromissos que têm de ser assumidos", afirmou, a O JOGO.

Passado o diferendo, Carlos Pereira está convencido de "também ser possível negociar calmamente com o presidente do Sporting". "Às vezes pagamos caro pelos erros que cometemos e ele tem pago caríssimo por erros que já cometeu..." E não tem dúvidas: "Vai amadurecer e vai acabar por tornar-se mais acessível. Passará a fazer os negócios com menos birras. Caminhará nesse sentido de estabilidade".

Leia a entrevista completa na edição e-paper de O JOGO

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon