Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruno de Carvalho: "Somos um clube muito mais unido do que há quatro anos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/03/2017 Mónica Santos

Eleito pela primeira vez para a presidência do clube de Alvalade a 23 de março de 2013, o dirigente recentemente reeleito com uma esmagadora recordou o percurso e antecipou um futuro vitorioso, em mensagem partilhada através da rede social Facebook.

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, considerou, esta quinta-feira, que o clube está agora mais unido do que há quatro anos, quando foi eleito pela primeira vez para a liderança dos leões.

"Faz hoje quatro anos que o Sporting Clube de Portugal voltou a ser nosso", começou por escrever Bruno Carvalho, numa mensagem publicada na rede social Facebook.

Lembrando que, a 23 de março de 2013, cumpriu o "sonho de criança" de ser presidente do Sporting, Bruno de Carvalho considera que as eleições de 4 de março deste ano foram "mais um dia importante na vida" do clube, com o recorde a mostrar, "uma vez mais, a vitalidade e grandeza do Sporting clube de Portugal".

"Foi com orgulho que vi aquele mar de gente que perdeu horas nas filas para poder votar. E foi com muita alegria que pude ser reeleito com a confiança da grande maioria dos sportinguistas, tornando-me no presidente eleito com o maior número de votos e de votantes", escreveu Bruno de Carvalho, que bateu Pedro Madeira Rodrigues.

Bruno de Carvalho lembrou que "de 2011 a 2013 a Sporting SAD atingiu um buraco financeiro de 100 milhões de euros" e que a equipa de futebol teve "o pior resultado desportivo" da sua história, com um "doloroso sétimo lugar".

"Não há dúvidas de que hoje somos um clube muito mais unido do que há quatro anos, e é com esta força e com esta vitalidade que, tenho a certeza, cumpriremos o imperativo de oferecer a justa e merecida glória aos sportinguistas de sermos campeões nacionais de futebol, por mais do que uma vez", garantiu.

Em quatro anos como presidente, Bruno de Carvalho assumiu que foi trilhado "um caminho difícil, com esforço, dedicação e devoção", voltando "a colocar o Sporting no lugar que é seu por direito".

Recordou, ainda, ter 120 medidas prometidas, destacando a reestruturação financeira, a criação da Sporting TV, a auditoria às gestões anteriores, entre outras.

Para Bruno de Carvalho, "foi graças a estas e a muitas outras medidas integradas numa política de gestão rigorosa e, sobretudo, graças ao apoio dos melhores sócios e adeptos do mundo" que o Sporting conseguiu chegar ao segundo lugar do campeonato logo no primeiro ano, passar a ter lucros regularmente nas contas do clube e da SAD.

© Fornecido por O jogo

"Fizemos a maior venda de um jogador português para o estrangeiro e inscrevemos quatro jogadores no top-10 das maiores vendas da história do clube; fizemos o maior negócio do futebol português relativo a direitos televisivos; conquistámos uma Taça de Portugal e uma Supertaça no futebol; conquistámos 2 troféus europeus (Taça CERS em hóquei patins e Taça dos Clubes Campeões Europeus de atletismo feminino)", enunciou.

Bruno de Carvalho salientou ainda a construção do Pavilhão João Rocha, que será inaugurado em breve, o aumento de número de sócios, para 155 mil, e o crescimento da assistência média no Estádio José Alvalade.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon