Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bruno sobre as queixas do Benfica arquivadas: "Isso é milho para pardais"

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Hugo M. Monteiro

© Filipe Amorim/Global Imagens

Bruno de Carvalho quer que outros processos em marcha no Conselho de Disciplina sejam resolvidos e aponta para o caso do túnel de Alvalade.

Sobre o castigo de 113 dias: "Este castigo [113 dias] foi o pior de sempre depois do Apito Dourado, o que é algo fantasmagórico. Quase ninguém se lembra da razão do meu castigo. Castigar alguém desta forma por dizer que Vítor Pereira não deixará saudades... Note que voltei a dizer a frase, e vou repetir: Vítor Pereira não deixará saudades no futebol português, não tinha senso em algumas das nomeações... Se isto resulta no maior castigo é porque estamos mesmo a atravessar um período de loucura. O melhor, se calhar, é voltarmos ao tempo do Prozac, dizem que aquilo é muito bom. Há muita gente no futebol a precisar de tomar Prozac. Digo 500 vezes, o Vítor Pereira não deixará saudades, nem a mim, nem a uma pessoa normal".

Queixas do Benfica arquivadas: "Espero que isto seja indiciador que temos de começar a olhar para as coisas como elas são e que as pessoas não podem ser castigadas por qualquer coisa. Eu espero que isto indicie coisas boas, até porque estão processos graves pendentes. Tenho o estigma de ter cuspido em alguém há nove meses, que por si só é um castigo. São as mesmas pessoas que me deram esta absolvição. O Carlos Pinho fez tudo mal, isso está lá tudo. Depois diz que na sequência de um encontrão que o presidente do Arouca me dá, sai qualquer coisa da minha boca, que eles não conseguem definir se é saliva ou se é fumo. Portanto, como sai qualquer coisa da minha boca, pode ser um atentado à honra. É involuntário. Se sai do encontrão, até podia ser leite ou café. Eu estou a ser castigado, mas as pessoas não podem andar a brincar. Vou fazer um pedido de indemnização a toda a gente que esteve envolvida nesta situação. O que eu quero é que ponham a mão na massa e que resolvam aquilo que é uma vergonha".

Ainda o caso do túnel: "Já chega de se andar aqui a brincar aos timings, já estou farto deste assunto. Não sei se o Conselho de Disciplina tem noção que nove meses dão para fazer bebés e tenho a certeza que dá mais prazer do que fazer processos ao Bruno de Carvalho. Estamos a falar do milho que estão a mandar aos pardais. Eu não sou pardal, por isso não vou atrás do milho. Se for assim um bom tártaro, aí já é outra história. Ofende a minha honra atacar o meu direito à opinião".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon