Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Bryan Ruiz pediu para rescindir, mas com uma exigência recusada

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/09/2017 Hugo Monteiro

Antigo camisola 10 dos leões permanece a treinar-se à parte na Academia com Douglas, depois de ter recusado várias ofertas. Vínculo laboral com os verdes e brancos termina no final da época em curso

© Tony Dias/Global Imagens

O internacional costa-riquenho Bryan Ruiz propôs a rescisão de contrato que o vincula à SAD do Sporting até ao final da presente temporada, mas, sabe O JOGO, apresentou como exigência receber uma verba compensatória para o efeito. Os dirigentes leoninos não estiveram pelos ajustes e negaram a pretensão do antigo camisola 10 do clube, sublinhando que apenas estavam disponíveis a abordar esse cenário com o compromisso de que nada teriam de pagar ao jogador, que, naturalmente teria de abdicar dos vencimentos a auferir durante a temporada em curso, que ascende a cerca de 1,3 milhões de euros anuais livres de impostos.

destaquenaoperca8789534

Este quadro colocou-se pela segunda vez, pois, antes do fecho da janela de transferências do último defeso, as partes abordaram o assunto, mas ambas mostraram-se intransigentes na defesa daqueles que entendem ser os seus interesses. Bryan Ruiz foi recusando todas as propostas que lhe foram chegando por não pretender transferir-se para os destinos apresentados, como por exemplo para a Turquia, e os dirigentes leoninos não abdicaram de encaixar uma verba na ordem de 1,5 milhões de euros pela transferência, isto depois de inicialmente terem solicitado entre quatro e cinco milhões de euros pelo criativo esquerdino. Bryan Ruiz continua a treinar-se à parte na Academia, tal como Douglas, e tem vínculo laboral com a sociedade que gere o futebol profissional dos leões até ao final da presente estação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon