Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Buffon prometeu retirar-se, mas voltou com a palavra atrás

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/05/2017 Hugo M. Monteiro

Recorde-se que a Juventus passou às meias-finais da Liga dos Campeões, depois de eliminar o Barcelona, com um resultado agregado de 3-0

Gianluigi Buffon revelou que prometeu ao presidente da Juventus que iria pendurar as botas se não sofresse qualquer golo na eliminatória com o Barcelona, a contar para os quartos de final da Liga dos Campeões.

© Fornecido por O jogo

No entanto, Buffon, que acabou por não conceder qualquer golo na eliminatória com a equipa "blaugrana", voltou com a palavra atrás, já que o líder do clube da cidade de Turim conseguiu demover o guarda-redes de 39 anos da ideia.

"Eu prometi que iria deixar o futebol no final da época se não sofresse golos diante do Barcelona. Eu disse isso ao presidente e ele disse-me que na vida dizemos coisas estúpidas, para não me preocupar e para seguir em frente. Por isso, eu tive de voltar atrás na promessa. O presidente é mais experiente que eu e deu-me um bom conselho", atirou Buffon, em declarações à Sky Sport Italia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon