Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Câmara investe 8 ME em nove obras de regeneração urbana em freguesia de Viana

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/07/2017 Administrator

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, anunciou hoje um investimento de oito milhões de euros em nove empreitadas de regeneração urbana na vila de Darque, na margem esquerda do rio Lima, até 2020.

O autarca socialista, que falava em conferência de imprensa na sede da Junta de Freguesia de Darque, explicou que cinco empreitadas já estão em curso, num investimento de cinco milhões de euros e outras quatro serão lançadas, em breve, orçadas em três milhões de euros.

"É a maior intervenção de sempre em Darque. A Câmara não está a investir em fogo-de-artifício, nem em equipamentos megalómanos. Está a investir nas necessidades das pessoas e das coletividades", sublinhou o autarca.

Segundo José Maria Costa parte das intervenções serão realizadas ao abrigo do programa PEDU - Reabilitação Urbana de Viana do Castelo, que prevê um investimento global de 18,4 milhões de euros até 2020, e outras serão financiadas pelo orçamento municipal.

"Vamos fazer regeneração urbana em zonas de Darque que já não eram intervencionadas desde a década de 60", destacou.

O prolongamento da ciclovia do Cabedelo até à ponte Eiffel sobre o rio Lima, orçada em mais de 495 mil euros, a construção da ligação definitiva entre o nó da A28 e a zona de atividades económicas da freguesia, estimada em 630 mil euros, e a requalificação, de um milhão de euros, da sede da Sociedade de Instrução e Recreio Darquense (SIRD) são as intervenções que a serem lançadas.

"A requalificação da SIRD vai dotar esta coletividade com a melhor sala de espetáculos do distrito.

A intervenção de requalificação de um bairro social, estimada em cerca de 1,1 milhões de euros, da responsabilidade do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), que deverá começar até final do ano, foi outra das obras destacadas pelo autarca.

Já em curso, o autarca socialista apontou a reabilitação do espaço público do centro histórico, desde o cais até à igreja da freguesia, do cemitério e as obras de requalificação em estabelecimentos de ensino.

"As obras em curso e serem lançadas vão potenciar a dinamização empresarial, cultural, social, desportiva e turística de Darque, frisou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon