Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cédric comenta dispensa de Ronaldo: "É de louvar ter ficado duas semanas"

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/06/2017 Hugo Monteiro

Defesa Cédric Soares assumiu que Cristiano Ronaldo é um jogador "muito importante" na seleção portuguesa, mas considerou "compreensível" a sua dispensa.

O defesa Cédric Soares assumiu que Cristiano Ronaldo é um jogador "muito importante" na seleção portuguesa, mas considerou "compreensível" a sua dispensa do jogo de atribuição dos terceiro e quatro lugares da Taça das Confederações de futebol. "O Cristiano é muito importante, toda gente tem noção disso, mas claramente compreende-se a sua situação. Ele falou com o grupo antes de ir embora e é de louvar ter ficado duas semanas junto do grupo. É normal que a federação o tenha dispensado, sobretudo após Portugal não ter conseguido o objetivo", afirmou Cédric Soares.

O lateral direito do Southampton falava aos jornalistas em conferência de imprensa, na Arena Otkrytie, em Moscovo.

Cristiano Ronaldo foi autorizado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a abandonar os trabalhos da seleção nacional, após o desaire de quarta-feira com o Chile nas meias-finais (0-0, 3-0 nas grandes penalidades), devido ao nascimento dos seus filhos.

"O atleta, apesar do nascimento dos filhos, fez questão de ficar ao serviço da seleção nacional, num gesto que devemos sublinhar e enaltecer. O presidente da FPF e o selecionador nacional entendem que, na impossibilidade de chegar ao objetivo de vencer a Taça das Confederações, devem libertar o atleta para que este possa, finalmente, ir conhecer os seus filhos", explicou o organismo em comunicado.

© Mário Cruz/EPA

Cédric Soares admitiu que Portugal "fica mais forte" com a presença do Ronaldo, mas garantiu que os jogadores vão "responder da melhor maneira" à ausência do seu capitão. "Quando temos Cristiano Ronaldo, somos claramente mais fortes, é óbvio, mas temos jogadores com muita qualidade na mesma e vamos responder da melhor maneira. Temos a noção claro que Ronaldo é uma mais valia para a nossa seleção", disse o defesa de 25 anos.

O jogo de domingo, que marca a despedida de Portugal da Taça das Confederações, está agendado para as 13h00 de Portugal continental.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon