Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cabo Verde no apuramento para o Afrobasket'2017 em decisão de última hora

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/03/2017 Hugo M. Monteiro

Depois de avanços e recuos, as associações regionais deram luz verde à participação da seleção nas eliminatórias.

A seleção cabo-verdiana de basquetebol decidiu, à última hora, participar nas eliminatórias de apuramento para o Afrobasket'2017, após as associações regionais terem viabilizado, à segunda tentativa, uma comissão de gestão para tratar o dossiê.

No mês passado, a Federação Cabo-verdiana de Basquetebol (FCBB) decidiu não inscrever a seleção nas eliminatórias do Afrobasket, alegando falta de dinheiro e dívidas de mais de 90 mil euros da anterior direção, presidida por Kitana Cabral.

A decisão gerou muita polémica no basquetebol cabo-verdiano e a direção da FCBB, liderada por André Delgado, demitiu-se e, após uma reunião com a Direção-Geral dos Desportos (DGD), deixou ao critério das associações regionais tentar inscrever a seleção nas eliminatórias.

Com o vazio diretivo, as associações regionais deram o aval à DGD para se criar uma comissão que iria levar Cabo Verde à qualificação do Afrobasket'2017, mas, após uma primeira reunião, na semana passada, as associações não certificaram a comissão.

Entretanto, esta semana voltaram a reunir em assembleia-geral extraordinária e deram luz verde à participação de Cabo Verde na maior prova de seleções de basquetebol em África.

© Reprodução/Twitter

Segundo veicula esta sexta-feira a Inforpress, essa comissão é liderada por Augusto "Gugas" Veiga, antigo presidente da federação, que já está a tratar do processo para levar Cabo Verde aos torneios qualificativos.

No próximo domingo, a seleção inicia o estágio de preparação, às ordens do selecionador interino, o angolano Emanuel Trovoada, que regressa aos comandos de Cabo Verde após ter conquistado a medalha de bronze no Afrobasket'2007.

A seleção cabo-verdiana, 63ª no ranking mundial e 12ª em África, estagia em Dakar até 15 de março, deslocando-se depois a Bamako (Mali), onde, de 17 a 19, disputa a primeira eliminatória, com as seleções de Senegal, Mali e Guiné Conacri.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon