Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cabo-verdiana Elida Almeida homenageia terra onde passou infância em segundo álbum

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/10/2017 Administrator

A cantora cabo-verdiana Elida Almeida lança ainda este mês o seu segundo álbum, "Kebrada", onde afirma a sua identidade africana e homenageia a aldeia em Cabo Verde onde passou a infância.

Depois de "Ora doci, Ora margos" (Momentos doces, Momentos amargos), disco de estreia que teve enorme sucesso no país e no mundo, sobretudo com a música "Nta Consigui"' (Eu Consigo), Elida Almeida vai lançar no próximo dia 20 o seu segundo disco.

O novo álbum, intitulado "Kebrada", é o nome de uma pequena aldeia no concelho de Santa Cruz, interior da ilha de Santiago, onde a cantora cresceu com os seus avós.

Em nota de imprensa, a produtora Harmonia adianta também que no novo trabalho discográfico Elida Almeida "afirma a sua identidade africana, temperando de energia latina os ritmos cabo-verdianos do batuque, funaná, coladera e tabanka".

"O seu temperamento fogoso e a sua alegria de viver não a impedem de fazer uma crítica social que se manifesta nas suas baladas nostálgicas com sonoridade pop", prosseguiu a nota.

O álbum, de 12 faixas, cruza músicas e inspirações diversas, explorando as tradições do arquipélago cabo-verdiano, continuou a Harmonia.

"Continuo na mesma linha do primeiro disco: a ter o meu povo inspiração, tudo o que se passa ao meu redor, o meu dia-a-dia, o que acontece com os vizinhos, os familiares, os amigos", disse a cantora à agência Lusa em março deste ano, sublinhando que um dos objetivos do novo trabalho é "promover, o máximo possível, a tabanca.

O disco foi realizado pelos músicos que normalmente acompanha a cantora em palco, como Hernani Almeida, Nelida da Cruz, Diego Gomes e Magik Santiago.

E conta com convidados como o violoncelista francês Vicent Segal, os cabo-verdianos Filhos de Codé di Dona e o acordeonista do Madagáscar Regis Gizavo.

Elida Almeida, considerada a nova pérola da música cabo-verdiana, foi galardoada em 2015 com o prémio RFI-Découvertes 2015 e, no passado, venceu a VI edição dos Cabo Verde Musical Awards em três categorias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon