Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Califórnia (EUA) declara estado de emergência devido a surto de hepatite A

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/10/2017 Administrator

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou, na sexta-feira, o estado de emergência devido a um surto de hepatite A, que já provocou 18 mortes.

A medida tem como objetivo aumentar o fornecimento de vacinas para imunizar a população, a "ferramenta mais eficaz" para prevenir a propagação do vírus, afirmou a diretora do Departamento de Saúde Pública da Califórnia (CDPH), Karen Smith.

O surto começou em novembro de 2016 na área de San Diego, no sul do estado, onde, desde então, 490 pessoas foram infetadas, das quais 342 tiveram de ser hospitalizadas e 18 morreram.

O condado de Los Angeles declarou que o surto chegou à região oficialmente em 19 de setembro, após ter sido sinalizada a ocorrência de dois casos sem relação com o surto ocorrido em San Diego.

O de Santa Cruz, no norte da Califórnia, contabiliza mais de 70 casos.

Desde o início do ano, as autoridades da Califórnia distribuíram mais de 80 mil vacinas, sendo que a declaração do estado de emergência permite ao Departamento de Saúde Pública daquele estado a compra de doses adicionais diretamente aos fabricantes.

"O pedido de hoje [sexta-feira] ajudará a assegurar que se possa continuar a entregar as vacinas onde são mais necessárias", sublinhou Karen Smith em conferência de imprensa.

O anterior surto de hepatite A nos Estados Unidos remonta a 2003, à Pensilvânia, com mais de 900 casos de contágio.

A hepatite A é uma infeção aguda que tem como principal modo de transmissão a via fecal-oral através da ingestão de alimentos ou água contaminados ou por contacto próximo com pessoas infetadas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon